Somos o Que Pensamos. Como Mudar a Nossa Realidade Através do Pensamento

Sim, os seus pensamentos podem (mesmo) transformar a sua realidade. Um dos princípios fundamentais da física quântica – área de estudo que descreve o comportamento dos sistemas físicos de dimensões reduzidas (moléculas, átomos, etc.) – é a ideia de que a realidade existe em estados infinitos até que a observemos. Para tal, precisamos, muitas vezes, de olhar para as situações sob outros pontos de vista.

Somos influenciadas pelo que sabemos, pelo que acreditamos e pelo que vivenciamos.

Nós vemos o que queremos ver e vemos aquilo que sustenta as nossas crenças existentes, ignorando as que não o fazem. Trata-se de perceção seletiva em ação e acontece automaticamente. A perceção seletiva atua como um filtro na nossa mente, o que significa que não percebemos tudo o que está a acontecer à nossa volta. Se o fizéssemos, provavelmente enlouqueceríamos com a sobrecarga sensorial.

Pensamentos positivos mudam-nos – a nós e ao mundo

Para mudarmos o nosso mundo através dos nossos pensamentos, devemos pensar com uma intenção coerente. Isto é, devemos pensar a mesma coisa diariamente, acreditar naquilo que pensamos, alinhar as ações com os pensamentos e conduzir a nossa vida de uma maneira que seja totalmente congruente com a natureza do nosso pensamento.

Pensamentos persistentes e positivos mudam o mundo, uma vez atingindo uma certa intensidade. Porém, para isso é necessário que os seus pensamentos sejam poderosos o suficiente para mudar as suas próprias ações. Antes de mudar a sua realidade, terá de transformar-se a si.

Porque é que é tão difícil fazer a mudança acontecer?

Cada pensamento que experimentamos cria uma reação química no cérebro que desencadeia uma emoção. À medida que nos envolvemos com esse pensamento, ele cria um novo circuito, que envia um sinal ao corpo, fazendo com que reajamos de uma determinada maneira. Quanto mais repetimos esse padrão, mais ele se infiltra na nossa mente, acabando por se tornar um hábito. 

Os neurocientistas já comprovaram que a maioria das nossas decisões, ações, emoções e comportamentos depende em 95% da atividade cerebral que está além da nossa perceção consciente, o que significa que 95% da nossa vida vem da programação da nossa mente subconsciente. É por isso que mudar é desafiante, porque repetimos os padrões de pensamento tantas vezes, que estes acabam por definir quem somos e a realidade que experienciamos.

Aquilo que vemos é a nossa realidade.

Quando nos focamos em algo, esse algo expande-se. Isto significa que podemos moldar a nossa realidade treinando o nosso cérebro, para ver o que nos serve. Ou seja, podemos programar o nosso cérebro para ver mais daquilo que precisamos de ver. Podemos treiná-lo para ver os aspetos positivos nos negativos e para encontrar lições nas nossas falhas. Como? Fazendo perguntas capazes de mudar a nossa perceção da realidade.

Quando nos questionamos, interrompemos o nosso processo de pensamento habitual, abandonando a nossa rotina e passando a considerar outros ângulos. As perguntas revelam as partes invisíveis da equação e podem mudar os nossos padrões de pensamento.

Exemplos de questões que a podem ajudar a encontrar perspetivas positivas

A qualidade dos nossos pensamentos cria a nossa qualidade de vida. Faça perguntas de forma a treinar o seu cérebro. Isto irá exigir muito esforço da sua parte e não bastará fazê-lo apenas uma ou duas vezes. No entanto, é uma questão de prática e, com o tempo, os resultados estarão à vista.

  • Para encontrar o que há de bom em todas as situações, pergunte-se: “Quais são as coisas boas que aconteceram comigo hoje?”;
  • Para procurar as lições, independentemente dos resultados, pergunte-se: “O que posso aprender com isto?”;
  • Para procurar as coincidências aparentes que nos aproximam dos nossos objetivos, pergunte-se: “Porque tenho tanta sorte?”.

Os pensamentos aos quais dá atenção são os mais poderosos. São as suas crenças e passam a definir a sua vida e a forma como a vivencia. Faça as perguntas que irão treinar o seu cérebro para ver o lado bom das coisas e observe a sua realidade a mudar, paulatinamente.

Fontes: Omar Itani e Start it Up.

Ler Mais
Scroll to Top