Como Ter Uma Atitude Mindful no Trabalho?

Mais que uma filosofia, o mindfulness é uma atitude. Porém, ainda que não pareça uma missão impossível conseguir praticá-la no dia a dia, impera a pergunta de um milhão: como conseguir praticar a atenção plena no nosso local de trabalho? É possível consegui-lo nos dias em que a agitação toma conta de nós? Entre milhares de e-mails, reuniões e apresentações, conseguiremos adotar essa postura?

Temos apenas uma resposta para todas estas questões: é possível e está ao alcance de qualquer uma de nós. Estar mais presente é fundamental para conseguir ser mais produtiva, a todos os níveis. O mindfulness remete-nos para um estado de paz e de apreciação consciente de tudo o que se passa à nossa volta, mas a boa notícia é que praticá-lo não exige que esteja abraçada a uma árvore no meio da floresta ou que esteja a passear à beira-mar.

Uma atitude mindful no trabalho coaduna-se com saber estar atença às ações e às emoções do seu momento presente, estando consciente da forma como o que está a fazer afeta o modo como se sente. Se a mente navegar por outros caminhos, o importante é trazê-la de volta ao foco atual. Não se trata de uma forma contraintuitiva de trabalhar, embora possa parecê-lo, uma vez que ninguém desacelera quando tem prazos para cumprir. A questão é que a velocidade pode, efetivamente, reduzir-se, mas isso servirá apenas para que tenha mais consciência de tudo o que faz e que, consequentemente, consiga ser a sua melhor versão a fazê-lo, porque está totalmente no sítio onde tem de estar.

Uma tarefa de cada vez.

Fazer várias coisas ao mesmo tempo não é tão produtivo como parece. Na verdade, o nosso cérebro muda, freneticamente, de uma tarefa para outra, e acaba por perder alguns dados. Isto é, quando realiza muitas tarefas ao mesmo tempo, pode sentir-se mais ativas, mas não está a dar o melhor de si a cada uma delas. Por isso, concentre-se numa tarefa de cada vez.

Aprenda a lidar com o stress.

Há algo transversal a todos os empregos: a determinada altura, haverá um momento de stress. E a melhor maneira de lidar com ele, é aceitá-lo. A solução passar por não deixar que ele a domine e que diminua o seu bom desempenho. Quando estamos stressadas, dá-se um aumento da nossa frequência cardíaca e começamos a respirar mais rápido – este é o impacto físico que esta emoção tem em nós. No entanto, podemos usar isso a nosso favor e fazer com que a nossa resposta emocional seja mais positiva do que negativa. Consciencializar-se desse estado de espírito pode ajudá-la a controlá-lo e a conseguir dominá-lo, porque parou para o tentar entender.

Emoções como o pânico e o stress conduzem a más decisões. Trata-se de um uso indevido de energia. Faça uma pausa, vá dar um passeio e tente ser mais ouvinte do que faladora. Abrandar o ritmo ajuda-nos a tomar melhores decisões e é um dos passos para conseguir ter uma atitude mais consciente no trabalho.

Faça uso de lembretes.

O nosso cérebro está habituado a perder-se nos seus próprios pensamentos. É por isso que, em grande parte dos casos, não conseguimos estar totalmente atentas. Nas nossas atividades diárias habituais, por exemplo, é precisamente isso que acontece – mergulhamos numa narrativa sonhadora sem fim. Entrar em modo piloto automático é o mesmo que não estarmos totalmente presentes e acordadas para as oportunidades. É aqui que surge o lembrete – ele vai ajudá-la a que se concentre no presente. Pode, por exemplo, definir um alarme no telemóvel. Sempre que ele tocar, respire fundo e faça uma pausa para ficar atenta ao ambiente que a rodeia. Desta forma, dará um pequeno passo para trás, mas conseguirá refletir, em vez de reagir automaticamente ao que chega até si.

Seja grata.

Tendencialmente, somos mais negativas do que positivas. É muito mais fácil concentrarmo-nos naquilo que falhou do que em alguma coisa que tenha resultado. Justamente para contrariar isso, que em nada nos ajuda a evoluir, é fundamental sermos gratas. A gratidão desperta em nós um sentimento de satisfação que irá refletir-se nas nossas relações profissionais e no modo como encaramos o trabalho diário. Procure sempre encontrar o lado positivo de todas as situações e seja grata, para que tudo decorra com uma maior fluidez.

Se não pode mudar algo, aceite-o.

Ser mindful é aceitar a situação, tal como ela é. Praticar a aceitação é aceitar-se a si mesma. É essa postura que conduz à mudança, porque nos permite aproveitar com mais qualidade as nossas vitórias, sem que nos concentremos em demasia nos sentimentos de culpa que sabotam possibilidades mais positivas.

Tudo é crescimento.

A humildade é o primeiro passo para o crescimento, em todas as áreas da nossa vida. Quando adotamos essa postura perante os outros, conseguimos aceitar-nos como somos e estar, concomitantemente, abertas a ouvir e a aprender com as outras pessoas que trabalham connosco. Não se foque apenas em si, foque-se no todo, que é o grupo.

Com a gratidão, a aceitação e a humildade, conseguimos apreciar a forma como os outros nos ajudam. Estarmos gratas é, automaticamente, um sinal de humildade, bem como saber ver na crítica construtiva uma oportunidade para melhorar. Ser mindful no trabalho é tudo isto, vivendo o momento e acreditando que todos os dias o crescimento pessoal e profissional acontece.

Fonte: Mindfulness at work for dummies, livro de Shamash Alidina e Juliet Adams.

Ler Mais
Scroll to Top

Alerta para atrasos das
entregas devido ao COVID-19

Todas as nossas encomendas são processadas com o maior cuidado. Devido à situação actual em que nos encontramos, os nossos prazos de entrega passam a corresponder a 5-8 dias úteis para Portugal Continental e Ilhas. Encomendas para o resto do mundo demorarão 10-15 dias úteis. Agradecemos a sua compreensão. E enquanto a sua encomenda não chega… aproveite para ir lendo os nossos artigos.