Nova coleção On-line |  Envios gratuitos em encomendas nacionais superiores a 150€

Substitua as Resoluções Por Intenções e Tenha um Ano Novo Incrível

O fim do ano costuma ser uma época em que definimos metas e ficamos entusiasmadas com a ideia de um novo ciclo que virá. Porém, ainda que escrever uma lista de resoluções possa representar uma miríade de novas possibilidades no horizonte, a verdade é que os objetivos que estabelecemos nem sempre são cumpridos: algumas vezes, por serem irrealistas; outras, porque a vida nos obriga a escolher outros caminhos e nos troca as prioridades. 

Ao criarmos uma lista de resoluções de Ano Novo, concentramo-nos no amanhã e planeamos os nossos desejos para o futuro; ao fazermos uma lista de gratidão por tudo aquilo que alcançámos até aqui, transportamos a nossa energia para o momento presente. 

A psicologia positiva reconhece os benefícios de uma prática recorrente de gratidão para o nosso bem-estar mental. Há um enorme poder em valorizar e agradecer aquilo que tem hoje e agora, ao invés de se concentrar naquilo que ainda não alcançou. Esta atitude perante a vida fará com que se sinta melhor e irá ajudá-la a alcançar os objetivos que definiu.  

Uma tomada de consciência poderosa 

Já reparou que, quando dá mais sentido às suas ações, fica mais motivada para as concretizar? Não se trata de conseguir uma promoção, de fazer a dieta certa ou de conseguir comprar a casa que a realiza: trata-se de sentir-se bem consigo mesma e de trabalhar no sentido de trazer à superfície todo o seu potencial para melhorar enquanto ser humano.  

Não há motivação mais poderosa do que continuar a perseguir os seus sonhos com a prova real de tudo o que alcançou no ano anterior. Sentir que tudo é possível e que as suas aspirações mais profundas realmente acontecem é um sentimento poderoso e verdadeiramente inspirador. Este é o combustível necessário para continuar firme. 

A gratidão deve ser uma prática constante 

Os benefícios da gratidão não são imediatos. As práticas de reflexão consciente devem ser alimentadas não apenas em momentos marcantes, como é o caso do fim do ano, mas sim com alguma frequência e, se possível, diariamente. Agradecer as coisas mais simples da vida demora apenas uns segundos, mas pode ter um enorme impacto em nós e na forma como levamos a vida. 

Substitua resoluções por intenções 

Quando pensa nas suas resoluções de fim de ano, o que lhe vem à cabeça? Obrigações, sonhos ou simplesmente objetivos que se perdem no tempo? Uma resolução pode ter tanto de motivante quanto de sufocante, uma vez que o que ambicionamos raramente acontece exatamente como idealizámos.   

Muitas vezes, percebemos que resoluções como começar a treinar ou a fazer uma dieta não duram mais do que alguns dias ou semanas. Isto acontece porque uma decisão de última hora não tem peso suficiente para implicar uma mudança significativa na nossa vida. 

Em essência, as resoluções de Ano Novo fazem-nos acreditar que a felicidade só será alcançada quando chegarmos ao futuro, fazendo-nos esquecer que a única coisa que temos realmente é o presente.  

Uma intenção pode ser mais poderosa do que uma resolução porque faz com que nos concentremos no caminho e não apenas no destino: trata-se de nos focarmos no que temos e onde estamos neste momento, em vez de direcionarmos a nossa energia para o lugar ou situação que iremos experienciar dentro de meio ano. Foque-se no propósito associado às suas metas para obter resultados mais positivos. 

Como estabelecer uma intenção 

1. O primeiro passo para criar novas intenções consiste em descobrir o que a faz acordar feliz, o que lhe dá alegria diariamente e o que realmente a deixa motivada. Registe num caderno tudo aquilo que lhe desperta qualquer tipo de paixão e partilhe com as pessoas mais próximas aquilo com que se comprometeu, para que estas a ajudem a não perder o foco. 

2. Tenha pensamentos positivos.  

3. Faça afirmações positivas diariamente. 

4. Não force os resultados e aceite o que o Universo tiver reservado para si. 

Related Posts