Nova coleção On-line |  Envios gratuitos em encomendas nacionais superiores a 150€

Fika, o Conceito Sueco Que a Vai Ajudar a Aumentar a Sua Produtividade no Trabalho

Alguma vez lhe aconteceu estar a ter problemas em raciocinar durante o trabalho ou, simplesmente, esquecer-se daquilo em que estava a pensar a meio de uma frase que escrevia? Não se preocupe, isto acontece muito frequentemente, especialmente quando tentamos fazer mais do que uma tarefa ao mesmo tempo.

Há quem defenda que a multitarefa é um mito e que tentar fazer duas coisas ao mesmo tempo resulta, normalmente, em mais erros e menos tarefas concluídas com sucesso. Em vez de fazer duas coisas simultaneamente, o nosso cérebro está, na verdade, a alternar entre as duas funções e não consegue concentrar-se em qualquer uma delas.

“O conceito de Fika é um estado de espírito que pressupõe reservar um tempo, todos os dias, para fazer uma pausa, contemplar os aspetos simples da vida e recarregar as energias.”

Enquanto organismo vivo, o nosso cérebro está sujeito a limites biológicos naturais que beneficiam significativamente de pausas frequentes e conscientes, a fim de maximizar os seus recursos de atenção.  

É aqui que entra o conceito sueco de fika, frequentemente traduzido como «uma pausa para café e bolo», mas, na verdade, sendo muito mais do que isso. Trata-se de um estado de espírito e de uma atitude – de um ritual, se quiser –, que pressupõe reservar um tempo, todos os dias, para fazer uma pausa, contemplar os aspetos simples da vida e recarregar as energias.

Várias pesquisas revelam que esta e outras práticas semelhantes podem reduzir o stress e desbloquear a nossa capacidade de produtividade e inovação. Já foi demonstrado que fazer pausas frequentes durante o período laboral melhora o foco e o desempenho. Menos horas de trabalho podem aumentar o rendimento e, momentos tranquilos, juntamente com uma reflexão interior, positividade e distância dos desafios podem permitir insights frutíferos e momentos decisivos para obter sucesso nas tarefas realizadas.

Concentre a sua energia numa tarefa de cada vez.

Um estudo do NeuroLeadership Institute concluiu que o pensamento, a resolução de problemas e a comunicação são fortemente impactados pela gestão ativa dos processadores do cérebro.

Quando estabelece uma meta e se concentra somente em alcançá-la, é provável que se sinta mais feliz e mais satisfeita ao fim do dia. Planear o seu dia de forma que consiga concentrar a sua energia numa tarefa de cada vez pode ser o melhor caminho. Acredite ou não, consultar os seus e-mails apenas a uma hora específica – para que não os verifique intermitentemente – pode ser revolucionário. Assim, quando dedicar intencionalmente algum tempo sem distrações para lhes dar resposta, terá a certeza de que estes terão a sua melhor atenção.

A questão dos e-mails é apenas um exemplo ilustrativo, pois o mesmo tipo de atitude vale para tudo o resto. Quando entrega toda a sua atenção a uma coisa de cada vez, mais facilmente consegue usufruir de um estado de fluxo de trabalho criativo.

Não romantize a agitação constante.

Acreditar que a agitação constante é socialmente valorizada e que temos de estar sempre a fazer algo pode ser uma crença contraproducente, que mais facilmente a deixará stressada, apressada e sempre atrasada cinco minutos. Como resultado, fala ao telefone enquanto conduz, troca e-mails enquanto toma conta dos seus filhos ou fecha uma proposta enquanto acaba de almoçar. Todos estes comportamentos são elementos que nos impedem de estar totalmente presentes e de darmos o nosso melhor, pois estamos a direcionar o nosso foco para várias coisas ao mesmo tempo. Dedique-a a um objetivo de cada vez e aprenda a respirar para saborear o melhor da vida.

Related Posts