Envios gratuitos em encomendas nacionais superiores a 150€

Somos um povo do mar e sabemos cozinhar peixe e marisco como ninguém. As nossas ameijoas à bolhão pato, os nossos percebes, os nossos camarões brilhantemente cozidos ou grelhados… Mas, afinal, é possível comer marisco de forma saudável?

Cozinhar marisco saudável

Com a crescente preocupação com o colesterol e gordura na dieta, muitas pessoas ficam sem entender se podem, ou não, comer camarões, lulas e/ou ameijoas. Isto porque os seus valores de colesterol estão no limite.

Felizmente, vários estudos recentes dizem que o marisco não deve ser encarado como perigoso e pode, até, ajudar a baixar o colesterol (sim, leu bem!). Não só o marisco tem pouca quantidade de gordura (de 0,5 a 2,5%), como metade desta é ómega-3, que ajuda a reduzir o colesterol nocivo (LDL).

Ostras, ameijoas, mexilhões e caranguejo são os mariscos de eleição para quem se preocupa com o colesterol. Os percebes não entraram nos estudos, mas uma vez que têm muito pouca gordura (0,4%), podemos incluí-los na lista de mariscos que podemos escolher.

Porém, como nem tudo é um mar de rosas, existem dois tipos de marisco que devemos evitar: búzios e ouriços do mar (por serem os mais contaminados). Por outro lado, os que devemos privilegiar são os camarões e os bivalves.

Este verão, desfrute de uma boa mariscada, acompanhada de uma belíssima salada.

Related Posts