0
0
Subtotal: 0.00

Nenhum produto no carrinho.

Se a Sua Vida Acabasse Amanhã, Que Sonho Gostaria de Realizar? Dora Matos Pode Ajudá-la a Concretizá-lo

Não é fácil definir Dora Matos: ela é um mundo dentro de vários mundos. É formada em Comunicação Social e já correu mundo para visitar dezenas de países, deixando-se imbuir em várias realidades enquanto escrevia no seu blogue de vida saudável, doramatos.com.
Agora, a nómada digital eleva a sua paixão pelo bem-estar a um nível superior e lança-se no mundo do Health Coach, depois de ter frequentando o Institute for Integrative Nutrition, em Nova Iorque. O Plano da Boa Vida é o desafio que ergue a pulso para nos ajudar a desconstruir situações e a viver melhor. Como? É o que vai descobrir, na conversa abaixo.

O que é que te trouxe até ao mundo do Health Coaching?

A minha vontade de conhecer mais sobre o mundo saudável. Tudo o que pode melhorar a nossa saúde fascina-me e a saúde holística é matéria que me interessa profundamente. Depois de todo o trabalho desenvolvido em doramatos.com, um blogue de vida ativa e saudável, decidi empreender uma nova aventura e investimento, apostando na minha formação. Comecei a tirar o curso de Health Coach no Institute for Integrative Nutrition, em Nova Yorque, onde pude aprender e aprofundar diversos conhecimentos nesta área. Viajar enquanto presto serviços de health coaching é o plano futuro.

Qual é o papel do Health Coach?

O papel do Health Coach é orientar a pessoa para fazer escolhas mais saudáveis e equilibradas dentro do seu próprio entorno e estilo de vida, de forma que consiga alcançar os seus objetivos. É alguém que analisa detalhadamente a vida do cliente e lhe dá as ferramentas necessárias para que ele possa viver de forma saudável, no presente e no futuro, incorporando alimentos saudáveis e os exercícios necessários, ajudando-o a encontrar o equilíbrio em diversas áreas da sua vida.

Em que consiste o teu serviço e o que é que o distingue dos demais?

O Plano da Boa Vida, criado para mulheres, distingue-se por ser um serviço único e personalizado de Health Coaching, que combina o assessoramento de outros profissionais das áreas da saúde, do desporto e do bem-estar. Ou seja, além do meu acompanhamento como Health Coach, as minhas clientes também terão o assessoramento do profissional de que mais necessitam na altura certa.

Em que áreas vais auxiliar as tuas clientes?

O meu acompanhamento é holístico e, portanto, aborda várias áreas. Nem tudo se compadece com o que comemos ou com o exercício que fazemos – também é preciso analisar quantas horas dormimos, os níveis de stress de que sofremos e a quantidade de preocupações que pairam na nossa cabeça no dia a dia. É muito importante abordar e orientar segundo essas informações, não esquecendo, nunca, que somos seres individuais: todos temos necessidades e particularidades que mais ninguém tem. Como eu digo, por vezes, mais do que prescrição de planos, a necessidade passa por sermos orientadas por alguém que nos possa guiar em várias áreas da vida, para nos ajudar a conseguir alcançar os nossos objetivos.
Dito isto, as áreas que abordarei passam pela ajuda numa alimentação mais saudável, emagrecimento, gestão de tempo e equilíbrio, gestão emocional e exercício físico, espiritualidade, gestão da qualidade do sono, entre outras.

Que outros serviços terás?

Além do Plano da Boa Vida – onde a cliente poderá ter a minha assessoria personalizada e poderá ser guiada por outros profissionais de saúde –, ofereço também uma Coach-Book Experience, ou seja, um dos meus livros digitais, que são verdadeiras experiências, totalmente desenvolvidas por mim. Além do Coach-Book que comprar, a cliente poderá ainda usufruir de duas consultas de Health Coaching comigo, para tirar dúvidas sobre o Coach-Book que leu. Além disso, terá ainda um desconto direto sobre o valor desse Coach-Book no próximo Plano da Boa Vida, se o quiser realizar no futuro. Também terá um e-mail com desafios a pôr em prática após as duas consultas.
No fundo, todas as experiências que ofereço tentam ser o mais completas possível, porque não acredito em sessões individuais e únicas. Na minha filosofia, para a pessoa aprender, deve existir um seguimento, uma aprendizagem gradual. Por isso é que, de um modo ou de outro, ofereço sempre uma forma de trabalharem comigo. Além do plano e dos Coach-Books, vou lançar também os Desafios da Boa Vida, que consistem em grupos motivacionais com pessoas que pretendam trabalhar em grupo. Neste momento, as inscrições para o Plano da Boa Vida estão encerradas. Uma semana após o lançamento do meu serviço e negócio, todas as vagas foram preenchidas.

Qual a tua maior ambição com o concretizar deste projeto?

Sem dúvida, ajudar outras pessoas a acreditarem no próprio poder que têm… e a encontrarem a sua própria Boa Vida. Todas temos a nossa Boa Vida, só que algumas ainda não sabem. Normalmente, o conceito de «Boa Vida», ou «Vida Boa», é muito associado a quem tem mais poder económico, a algo que “é só para alguns”. Com o Plano da Boa Vida, pretendo desmistificar isso na totalidade, demonstrando que a saúde e o bem-estar são acessíveis a toda a gente que queira mudar, que se preocupe consigo e que tenha motivação e abertura para conhecer coisas novas e trabalhar. Que se desengane quem pensa que com este plano não vai trabalhar.

Existe uma forma certa para conseguirmos alcançar os nossos objetivos? Como definimos o conceito de «Boa Vida»?

Quando queremos alcançar certos objetivos é muito importante criarmos estratégias, como hábitos que apoiem a concretização dessas metas. Não devemos apenas confiar na nossa motivação. Devemos contar a outras pessoas o que estamos a fazer e o que pretendemos conseguir durante o caminho… Tudo isto vai ajudar a que alcancemos com maior rapidez e eficácia o que desejamos. E não convém deixar passar muito tempo, ou não assumir e adiar esta procura, porque todas e todos temos o direito de ser felizes e de encontrar a nossa Boa Vida – descoberta de hábitos diários (alimentação, exercício físico, respiração, etc.) que nos ajudam a alcançar a nossa melhor forma de viver. Todos fomos feitos para viver uma vida feliz, mas, por vezes, precisamos de alguém que nos oriente nesse sentido, fazendo-nos questionar aquilo que não questionámos antes. Cada pessoa tem o seu próprio conceito de Boa Vida, não há um conceito universal para todos – só temos de encontrar o nosso.

Por vezes, no nosso dia a dia, entramos em modo piloto automático (em casa, no trabalho, com as pessoas de quem gostamos). Como é que contornamos isto?

Saber parar é fundamental. Quando estamos em modo piloto automático, não paramos para pensar naquilo que queremos realmente para a nossa vida, nos nossos objetivos. Afinal de contas, o que pretendemos com tudo isto que estamos a fazer? Onde é que queremos chegar? É muito importante parar para refletir nestas questões, porque tudo isto é uma «roda viva», que nos pode levar para uma direção não desejada: ficarmos demasiado presas a algo. É por isso que devemos saber parar e analisar o estado atual da nossa vida. Só assim nos aproximamos do nosso potencial máximo de felicidade.

Que conselho darias a uma cliente desmotivada e descrente da possibilidade de poder vir a ter uma vida mais feliz?

Se me deparasse com uma cliente que tivesse essa visão, provavelmente iria perguntar-lhe algo como: “Se a tua vida acabasse amanhã, o que gostarias de fazer? Qual o teu sonho?”. E, a partir daí, conforme a resposta, iriamos orquestrar estratégias para chegar a essa meta – não de uma forma imediata (o meu plano dura três meses), mas step by step. Não podemos fugir eternamente da nossa felicidade. E há que ganhar essa consciência para podermos criar uma nova realidade.


Instagram: @doramatos_coach

Facebook: doramatoscoach

Leia mais em: doramatos.com

Ler Mais
Bem-estar

Outono, a Melhor Estação do Ano Para Dormir

De quantas coisas outonais passamos à espera o ano todo? Conseguimos contabilizá-las?...

Beleza

Body Combing: um Tratamento de Beleza Para as Amantes de Cristais

O mundo da beleza está totalmente voltado para um novo tratamento que...

Bem-estar

Cabelo à Prova de Outono

Chuva, vento e frio. Tudo isto comanda a estação fria e tudo...

Scroll to Top