Quarentena. Vamos todas ficar «com os copos»?

Adora degustar um bom vinho a uma sexta-feira à noite? Ou aos sábados, enquanto prepara os seus cozinhados? Se sim – e se este é um dos poucos prazeres que a mantém alegre em tempos de quarentena – não se preocupe. Na medida certa, um copo de vinho pode fazer milagres.

Enquanto algumas de nós tentam distrair-se a ler um romance ou a assistir a todas as séries da Netflix, outras sofrem com a solidão ou tentam trabalhar o máximo possível nas suas casas. E nesta nova experiência de confinamento, há algo que muitas de nós parecem estar a fazer: beber um copo (com álcool) para tentar sobreviver ao distanciamento social.

Encontrámos o aliado perfeito para beber – tempo – e, aparentemente, há algo de muito sofisticado nisso. Estando em casa, surgem mais oportunidades para apreciar a nossa bebida favorita, encontrando um estado de tranquilidade extra no lar. Tudo isto, claro, apenas enquanto a saúde e a carteira o permitirem.

Happy hour em casa

Beber em casa parece mais descomplicado do que aquilo que é na realidade. Estando no conforto do sofá é fácil beber demais e perder o controlo, especialmente se estiver entediada. É por isso que é importante saborear este pequeno prazer com moderação.

Degustar um bom copo de vinho não é como ler um livro, uma experiência extremamente solitária. Não é como ouvir música, onde poderia dançar de alegria ou chorar de nostalgia. Porém, beber sozinha não deixa de ser um privilégio e um luxo.

O que acontece com o corpo se ingerirmos bebidas alcoólicas todos os dias, durante a quarentena?

Nesta fase das nossas vidas, tudo aquilo que pretendemos é permanecer o mais saudáveis possível. E uma vez que não existe uma cura conhecida para este novo vírus, podemos optar por tentar maximizar os fatores que estimulam o nosso sistema imunológico – sono, exercício e alimentação saudável – minimizando a exposição a tudo o que pode diminuir as defesas do nosso organismo. Essa é uma das razões para sabermos desfrutar do álcool com algum cuidado, já que, em excesso, pode afetar o nosso sistema imunológico.

Como desfrutar de um copo de vinho ocasional de forma saudável?

A resposta é simples: escolha o vinho tinto. Vários estudos concluíram que esta bebida apresenta vários benefícios para a saúde.

Assim, beber um copo ocasional de vinho tinto pode ser bom para si, uma vez que este promove a longevidade. No entanto, lembre-se de que esta prática não é saudável para todas as pessoas, nem é necessária.

Não beba para acalmar a ansiedade, beba porque lhe dá prazer, sempre de forma moderada.

Os benefícios

Agora, mostramos-lhe a melhor parte de tudo isto. Sabia que o vinho é rico em antioxidantes? Estes últimos são compostos que impedem os danos celulares causados ​​por inflamações e também o stress oxidativo (condição causada por um desequilíbrio entre os antioxidantes e os radicais livres, que danificam as nossas células).

Assim, o vinho tinto é aquele que possui maiores níveis destes compostos benéficos, uma vez que a uva deste tipo de vinho é, normalmente, mais antioxidante do que as variedades de uva branca.

Esta bebida é, também, anti-inflamatória. De acordo com o Healthline, um estudo recente demonstrou que mulheres que consumiam um copo de vinho diariamente reduziam significativamente situações inflamatórias.

Além disso, outros estudos revelaram que pessoas que consomem quantidades moderadas de vinho têm menos probabilidade de desenvolver doenças cardíacas.

«Um copo por dia, não sabe o bem que lhe fazia»?

Muitos acreditam que um copo de vinho por dia é uma parte valiosa de uma dieta saudável, mas outros defendem que o poder desta bebida não deve ser sobrestimado.

Se, para si, beber vinho tinto é um prazer do qual não pretende abrir mão, não precisa de se preocupar, a menos que esteja a exceder a quantidade recomendada.

Segundo o Healthline, na Europa e na América, o consumo moderado de vinho tinto corresponde a um copo ou um copo e meio por dia, para mulheres, e a um ou dois copos por dia, para homens. Estas quantidades correspondem a um consumo total de álcool, sendo que, além destas proporções, não devem ser ingeridas quaisquer outras.

Recomenda-se, também, que se passem dois ou três dias sem consumir álcool por semana.

Um guilty pleasure permitido

Apesar de o vinho tinto oferecer benefícios à saúde, nenhum deles é digno de incentivar o consumo de álcool. Porém, desde que não beba mais do que 1-2 copos por dia, pode saboreá-lo à vontade.

E se tiver de cometer algum pecado calórico, que esse guilty pleasure seja o copo de vinho que vai beber à noite. Não há nada de errado nisso. Vai ficar tudo bem, mesmo que isso signifique que até lá tenha de o aproveitar à janela ou à varanda.

Se tem um histórico de abuso de substâncias (ou um histórico familiar de alcoolismo), evite completamente o vinho e qualquer outra bebida alcoólica.

Linha de Apoio Alcoólicos Anónimos: 217 167 840

Ler Mais
Scroll to Top

Alerta para atrasos das
entregas devido ao COVID-19

Todas as nossas encomendas são processadas com o maior cuidado. Devido à situação actual em que nos encontramos, os nossos prazos de entrega passam a corresponder a 5-8 dias úteis para Portugal Continental e Ilhas. Encomendas para o resto do mundo demorarão 10-15 dias úteis. Agradecemos a sua compreensão. E enquanto a sua encomenda não chega… aproveite para ir lendo os nossos artigos.