0
0
Subtotal: 0.00

Nenhum produto no carrinho.

Ovulação: Saiba Mais Sobre Esta Fase Tão Importante

Seja honesta: alguma vez parou para pensar em que é que realmente consistia o processo da ovulação? O mais provável é concentrar-se apenas na menstruação propriamente dita (especialmente nos dias em que as dores mais difíceis de tolerar tomam conta de si). Ainda assim, o tema que hoje nos move é, efetivamente, a ovulação per si, enquanto parte integrante do nosso ciclo menstrual.

Os dias em que o tom do coração no invade fazem parte de um processo invisível – mas verdadeiramente importante para a mulher. Aquilo que não vemos acontecer (ou a que não prestamos tanta atenção) é igualmente crucial para um funcionamento equilibrado do nosso organismo.

A fase da ovulação acontece quando um óvulo é libertado dos nossos ovários, podendo este ser, ou não, fertilizado pelo espermatozoide. Na ausência desta fase seria impossível acontecer a fecundação, mas a verdade é que este processo não serve apenas para o simples facto de podermos controlar a nossa fertilidade. Saber mais sobre a ovulação não só nos ajuda alcançar ou a evitar a gravidez, como também nos pode ajudar a diagnosticar determinadas condições médicas.

De acordo com Patrícia Lemos, educadora para a saúde menstrual e fertilidade e autora do site Círculo Perfeito, “o processo que resulta na libertação do óvulo não começa no ovário, mas sim no nosso cérebro, com a segregação de uma hormona que sinaliza os ovários para o processo de amadurecimento de vários folículos”. Esta origem é fundamental em cada uma de nós, já que é ela que determina se estamos, ou não, em condições para poder levar avante uma gravidez. Se não mantivermos em equilíbrio todas as funções do nosso organismo, podemos não ovular, pois o corpo consegue compreender que essa conjuntura não é a melhor para que nele se possa gerar uma nova vida.

E como saber se ovulamos? De acordo a terapeuta supracitada, este processo irá depender do nosso estilo de vida, do nosso estado geral de saúde (física e mental) e, claro, das variações do nosso meio envolvente. À parte das questões relacionadas com a fertilidade, a realidade é que quando não ovulamos a nossa produção de progesterona (hormona essencial ao desenvolvimento de tecido mamário saudável, de menstruação regular e de fluxo normal) acaba por se comprometer. Desta forma, é importante que exista um equilíbrio entre as duas hormonas chave do nosso ciclo – estrogénio e progesterona.

Lembre-se de que a ovulação geralmente ocorre por volta do 14º dia de um ciclo menstrual de 28 dias. Mas atenção: todas nós somos diferentes e esta não é uma verdade absoluta. Nem toda a gente tem um ciclo de 28 dias, algo que faz com que aqui possa haver uma variação. Se pretende engravidar, considere a possibilidade de falar com o seu médico, para que este a aconselhe do melhor modo e para que se identifiquem circunstâncias que possam estar a causar uma ovulação irregular.

Ler Mais
Bem-estar

Cure a Sua Energia Com o Chi Kung

Trabalhar a energia. É esta a tradução de Chi Kung, uma variante...

Bem-estar

Saiba Como Preparar o Corpo Para a Gravidez

A mulher, enquanto ser extraordinário que é, passa por várias transformações físicas...

Saúde

Está Grávida? Estes São os Cuidados a Ter Com o Calor

No verão, as grávidas enfrentam desafios a dobrar, sobretudo se estiverem a...

Scroll to Top