Nova Coleção de Biquínis On-line |  Envios gratuitos para Portugal Continental em encomendas superiores a 150€

Como Prevenir e Combater as Estrias

Mais do que apenas uma consequência das modificações que ocorrem no nosso corpo durante a puberdade ou a gravidez, as estrias são marcas na pele que afetam todo o tipo de mulheres, independentemente da etnia ou do grupo demográfico a que pertencem. 

Embora sejam tipicamente associadas à gestação, estas marcas podem aparecer sempre que engordamos ligeiramente, não existindo uma maneira comprovada de prevenir ou apagá-las completamente. Este tipo de cicatriz ocorre quando a pele não consegue retomar a forma normal após um período de intenso crescimento, geralmente devido à gravidez ou a alterações de peso.  

Em que situações surgem as estrias? 

Qualquer pessoa pode desenvolver estrias, embora estas tendam a afetar mais mulheres do que homens. Elas não causam dor ou problemas de saúde, mas a sua aparência nem sempre é do agrado de quem as tem.  

As alterações de peso fazem com que a pele precise de esticar. Quando isso acontece muito rapidamente, o colagénio e os tecidos elásticos da pele podem romper-se, causando as estrias. Com o tempo, as linhas geralmente desaparecem e tornam-se menos percetíveis. Porém, podem não desaparecer completamente. 

Durante a gravidez, as hormonas podem amolecer as fibras da pele, tornando-a mais propensa a estrias. À medida que o bebé cresce, a pele estica, podendo causar alguma comichão.   

As áreas do corpo mais afetadas são: 

Seios; 

Abdómen; 

Quadris; 

Nádegas; 

Coxas. 

Diagnóstico 

As estrias são facilmente diagnosticadas com base num exame de pele e numa revisão do histórico médico de uma pessoa. O médico fará perguntas com base nos sinais e sintomas, bem como nos medicamentos que estão a ser tomados ou nas condições médicas existentes. 

Tratamento  

As estrias são vistas como uma queixa estética e o seu tratamento nem sempre é tão eficaz quanto seria desejado. Além de recorrer ao uso de alguns óleos e cremes, usar maquilhagem também pode ser útil para esconder determinadas linhas em áreas mais expostas do corpo. 

Prevenção 

Nem sempre podemos evitar a ocorrência de estrias. No entanto, existem algumas formas de reduzir a probabilidade do seu aparecimento. 

Fazer uma alimentação saudável. 

As fibras de colagénio na pele são necessárias para mantê-la esticada e, quanto mais fortes, menor a probabilidade de criar estrias. Portanto, faz sentido ingerir alimentos ricos em vitaminas E e C e zinco, que ajudam a formar o colagénio. A vitamina C, em particular, é um antioxidante importante que ajuda a proteger o tecido contra danos. Já a vitamina D é essencial para uma pele saudável, podendo ser obtida através da exposição solar. Beber água suficiente é, também, fundamental.  

Praticar exercício. 

Praticar exercício físico regularmente pode ajudar na perda de peso. Além de aumentar os níveis de energia, reduzir as oscilações de humor, melhorar os padrões de sono e melhorar a autoestima geral de uma pessoa, o exercício também pode ajudar a prevenir estrias, melhorando a circulação, algo que mantém a pele elástica e mais capaz de se esticar. 

Usar protetor solar. 

Os raios UV danificam o colagénio e a elastina da pele, o que pode aumentar a probabilidade de formação de marcas. É importante aplicar protetor solar diariamente e permitir que este seja absorvido 30 minutos antes da exposição ao Sol, reaplicando-o, pelo menos, a cada duas horas. 

Manter a pele flexível

Além de garantir que mantém a sua pele flexível através da ingestão dos alimentos certos e fazendo exercício físico, aplicar produtos adequados de forma tópica é fundamental. Exemplo disso são as nossas manteigas, ideais para mulheres grávidas, que planeiam uma gravidez ou para qualquer pessoa que tenha estrias. Contêm uma mistura de óleos que aumentam a elasticidade da pele, previnem a formação de estrias e estão disponíveis em dois aromas distintos: manga e morango/baunilha. Adquira-as na nossa loja online, através desta ligação

Related Posts