Algodão Descartável VS Algodão Orgânico: Qual o Melhor?

Aparentemente, caminhamos na direção certa no tema da sustentabilidade. As alternativas «verdes» aumentam a olhos vistos e, praticamente todos os dias, surge algo novo que nos ajudará a caminhar neste sentido. Porém, apesar de se falar muito das questões relacionadas com o plástico, a verdade é que há um outro material, cujo impacto tem passado para segundo plano: o algodão. 

Não raras vezes utilizados na nossa rotina de beleza, os discos de algodão, que utilizamos para nos desmaquilharmos, causam mais danos no meio ambiente do que aquilo que se possa pensar. O cultivo desta fibra, principalmente daquela que não é de origem orgânica, detém um impacto muito negativo na Mãe Terra. Isto porque os produtos químicos aí utilizados poluem rios e impactam significativamente os nossos ecossistemas, chegando mesmo a interferir com a vida selvagem local. A quantidade de água utilizada na produção de algodão convencional é também algo alarmante, principalmente na indústria têxtil, onde para produzir apenas uma peça podem ser necessários 20.000 litros de água. Justamente por isso, torna-se verdadeiramente importante a produção e o uso de algodão orgânico que, não reduzindo o seu impacto prejudicial por completo, já o diminui consideravelmente.

É por tudo isto que é importante repensar hábitos e tornarmo-nos ambientalmente mais conscientes. Devemos reconsiderar a questão dos discos de algodão desmaquilhantes, bem como todo o regime de cuidado de rosto que faz parte da nossa vida, todas as noites (se é daquelas que se maquilha diariamente, sabe do que estamos a falar). Usar maquilhagem não implica apenas cuidados de hidratação de rosto, implica também todo um processo de limpeza que pode, efetivamente, ser penoso para o bem-estar do nosso planeta. E tudo isto graças às enormes quantidades de discos, de toalhitas e de papel que acabamos por gastar, a cada noite que passa.

O cultivo de algodão é considerado um dos mais poluentes do mundo, devido ao uso intenso de inseticidas, os químicos mais perigosos para a saúde humana e animal.

Sobre os discos de algodão convencionais:

Conhecemo-los bem e sabemos que, quando os usamos, segue um atrás do outro em direção ao caixote do lixo mais próximo. Por norma, encontramo-los em qualquer supermercado – em embalagens de plástico – e a um preço acessível. A sua maior desvantagem compadece-se com o impacto negativo que a sua produção detém no ambiente, implicando gastos de água exacerbados e a utilização de químicos que prejudicam a Natureza e quem nela trabalha. 

Sobre os discos de algodão orgânicos:

Existem alguns destes produtos à venda em embalagens de papel, algo que é, por si só, vantajoso, na medida em que reduz o uso de plástico. Contrariamente à opção tradicional, que é descartável, esta versão pode ser reutilizada, através de lavagens após cada utilização. De facto, no que diz respeito à sua produção em termos agrícolas, podemos afirmar que se trata de uma opção mais sustentável. O contra-argumento surge, por outro lado, na necessidade de lavagem, já que cada vez que pretendermos fazer novamente o uso de um disco, estaremos a gastar um recurso fundamental, que é a água. 

Que opção escolher?

Sustentabilidade não é fundamentalismo. Os discos de algodão reutilizáveis são sempre melhores que os descartáveis. Porém, a melhor opção acaba por ser complementar as duas versões. Dessa forma, irá reduzir-se o seu «consumo» e também o seu impacto ambiental. Utilizar sempre a opção orgânica pode, nem sempre, ser a opção mais prática, especialmente quando levamos uma vida agitada e tudo aquilo de que precisamos é de um gesto de limpeza que não exija muito do nosso tempo. 

Reduza a sua culpa e a sua pegada ecológica com pequenos gestos e adquira os nossos discos de algodão orgânicos e reutilizáveis, disponíveis na nossa loja online, através deste link.

Ler Mais
Scroll to Top

Alerta para atrasos das
entregas devido ao COVID-19

Todas as nossas encomendas são processadas com o maior cuidado. Devido à situação actual em que nos encontramos, os nossos prazos de entrega passam a corresponder a 5-8 dias úteis para Portugal Continental e Ilhas. Encomendas para o resto do mundo demorarão 10-15 dias úteis. Agradecemos a sua compreensão. E enquanto a sua encomenda não chega… aproveite para ir lendo os nossos artigos.