0
0
Subtotal: 0.00

Nenhum produto no carrinho.

Alergias Primaveris: Saiba Como Combatê-las

A primavera chegou e com ela trouxe as alergias. Apesar de ser uma das estações mais bonitas do ano, a verdade é que é também a época em que a comichão nos olhos, os espirros e os pacotes de lenços sem fim se instalam na vida de quem sofre deste problema.

AS ALERGIAS E AS SUAS CAUSAS

As alergias são reações naturais do nosso corpo a substâncias externas. Quando o pólen entra no sistema de uma pessoa alérgica, o corpo ativa células que libertam histamina, e outros mediadores, desencadeando o aparecimento de reações alérgicas com sintomas muito característicos: espirros, tosse, irritação ocular, sensação de garganta irritada, congestão nasal, vermelhidão e comichão na pele. Quem sofre de asma pode também ter uma sensação constante de cansaço, bem como de falta de ar, uma vez que o pólen pode desencadear o estreitamento das vias respiratórias, dificultando a passagem do ar.

De acordo com o Hospital da Luz, as reações alérgicas das quais somos alvo podem ter um impacto profundo na nossa qualidade de vida, sendo que:

  • Afetam pessoas de todas as idades;
  • São extremamente comuns;
  • Têm uma gravidade variável, desde um incómodo ligeiro e transitório até uma reação anafilática, com risco de vida, nos casos mais graves.

OUTROS TIPOS DE ALERGIAS

A reação desadequada do sistema imunitário em situação de alergia acontece, por exemplo, com os ácaros do pó doméstico, alimentos, picadas de insetos, medicamentos e, infelizmente, durante todo o ano.

Identificar as causas da alergia – perceber, concretamente, a que tipo de substância somos alérgicas – é fundamental para prevenir as crises e para ter uma boa qualidade de vida.

COMO EVITÁ-LAS

Existem estratégias eficazes para controlar os sintomas das alergias, mas é preciso que estas sejam identificadas precocemente. Por isso, o seguimento médico é determinante.

Para evitar reações alérgicas é importante ter alguns cuidados simples, que a podem ajudar a contornar o desconforto que sente, ano após ano, nesta época. Uma vez que o pólen se encontra no ar, tente limitar o tempo que passa ao ar livre, principalmente durante a manhã, pois a contagem de pólen no ar é maior, assim como nos dias mais ventosos. Os dias de chuva são os melhores para quem sofre de alergias, pois limpam o pólen da atmosfera. Quando sair de casa, utilize sempre óculos de sol, de forma a proteger a região ocular. Se viajar de carro, evite ter as janelas abertas e se se deslocar de mota utilize um capacete integral.

Em casa, também é necessária alguma atenção. Tente manter ao máximo a casa livre de pó. Aspire regularmente os sofás e os colchões, lave a roupa de cama a 60º graus, evite ter alcatifas, areje a casa apenas ao final do dia e mantenha os espaços bem ventilados. Caso tenha animais de estimação de pelo longo, evite dormir com eles, pois o pólen também se acumula no pelo dos nossos melhores amigos.

Tome banho à noite, lavando bem o cabelo e evitando, assim, levar pólen para os lençóis da cama. Se é fumadora, evite fumar nestas alturas ou, pelo menos, tente reduzir esse hábito. O tabagismo (ativo ou passivo) aumenta o risco de desenvolver alergias.

NÃO DESVALORIZE ESTE PROBLEMA

Apesar de esta ser uma situação recorrente, que afeta milhares de pessoas em todo o mundo, as alergias não devem ser desvalorizadas. Esteja atenta aos sintomas e consulte um médico especialista em alergias. Após o diagnóstico, saberá como aliviar o desconforto e melhorar a sua qualidade de vida.

Entre 5 e 9 de abril, das 9h00 às 18h00, a equipa médica de Imunoalergologia do Hospital da Luz fará rastreios gratuitos de alergias por videochamada, com marcação prévia. Pode fazer a sua marcação através desta ligação ou através do número 217 104 532.

ÓLEOS ESSENCIAIS PARA A AJUDAR A COMBATER OS SINTOMAS

Além dos sprays nasais antialérgicos e dos anti-histamínicos não sedativos, existem alguns óleos essenciais que a poderão ajudar a aliviar os sintomas provenientes da alergia. É o caso do óleo essencial de hortelã-pimenta, que tem um efeito descongestionante e ajuda a aliviar a dor de cabeça, proporcionando um alívio na sensação de garganta irritada, desobstruindo o nariz e acalmando o prurido. Da mesma forma, o óleo essencial de limão também pode ser um bom auxílio.

Adquira estes produtos através desta ligação e experimente colocar algumas gotas de um destes óleos no seu difusor aromático.

Ler Mais
Bem-estar

Como Ser Uma Pessoa Grata e Ter Uma Vida Mais Plena

Embora possamos ter a intenção de sermos gratas pelas coisas mais simples...

Bem-estar

O Que é o Namaste e Porque Deve Incluí-lo na Sua Vida

Expressa gratidão de uma alma para outra, é uma saudação carregada de...

Bem-estar

Gratidão: a Chave Para Ser Mais Saudável

Existe um elemento chave capaz de impactar de um modo inacreditavelmente positivo...

Scroll to Top