O Que é Exatamente um Sérum?

Ponha a mão no ar quem já ouviu falar de séruns e ainda não conseguiu entender o que é realmente esse produto de beleza aparentemente mágico. A boa notícia é que, para todas as suas perguntas sem resposta, chegámos a algumas conclusões importantes para que possa – por fim – dar uso a esse frasquinho milagroso.

À medida que o tempo vai passando, as prioridades mudam no que diz respeito a assuntos relacionados com a forma como tratamos a nossa pele. Começamos a conhecer de perto o verdadeiro significado de termos como rugas, desidratação, linhas finas e flacidez e, como tal, a procura por loções e fórmulas de antienvelhecimento aumenta significativamente.

A última coisa que se pretende quando se inicia a procura pelo cuidado de rosto ideal é que os nossos níveis de stress cresçam (até porque isso surtiria apenas o efeito inverso daquele que se pretende!). Por isso, tentámos perceber o que é, verdadeiramente, um sérum, para que serve e que variantes existem do mesmo. Hoje será o dia em que poderá dizer “adeus” a todas as suas dúvidas – e claro, aos primeiros sinais de envelhecimento.

Afinal, em que consiste este produto?

Não é um hidratante, não é um óleo, nem é, necessariamente, uma essência. Um sérum é um produto que pode ser aplicado na pele após a limpeza, mas antes da hidratação, com o intuito de fornecer diretamente à nossa pele um conjunto de ingredientes poderosos. Enquanto aplicação tópica espessa – com concentrações elevadas de ingredientes ativos – um sérum é particularmente adequado para essa tarefa, uma vez que é composto por moléculas menores, que podem penetrar profundamente na derme e fornecer-lhe uma concentração muito alta de tudo o que essas componentes têm para oferecer.  

Mais viscoso do que um líquido, mas mais líquido do que um creme ou do uma loção, um sérum assume, geralmente, um valor mais elevado, justamente por ser mais concentrado do que os restantes produtos. A vantagem é que isso também permite que possa ser usada uma menor quantidade de produto em cada aplicação, fazendo com que a embalagem possa ter uma maior longevidade.

Voltando à parte dos ingredientes ativos, respondemos à questão que deve estar a fazer neste momento: o que é que um ingrediente ativo pode fazer pela nossa pele? É simples. Ele pode ter a função de iluminar, de reafirmar ou simplesmente de hidratar o rosto – depende do tipo de sérum que usar.

Como saber se precisa de usar um sérum?

Intuitivamente, irá conseguir perceber se está ou não na altura de começar a utilizar um sérum se estiver atenta aos sinais da sua pele. Quando o seu creme de dia e o seu creme de noite não conseguirem atender a todas as necessidades do seu rosto e a sua derme implorar por um cuidado extra, rapidamente perceberá que está na altura de dar o passo seguinte.

Manchas escuras, vermelhidão e linhas de expressão são problemas que podem ser colmatados com a ajuda deste produto. Por isso, se sente que tudo o que tem feito até então não é o bastante para acabar com esses problemas, considere adicionar um sérum ao seu regime de beleza.

Os séruns podem causar irritação em pessoas que sofram de eczema e outros problemas de pele mais sérios. Assim, em caso de dúvida, o melhor mesmo é consultar um dermatologista para que este lhe dê uma melhor orientação sobre este assunto.

Qual a diferença entre usar o creme hidratante habitual e usar um sérum?

Um creme hidratante – que contém uma maior concentração de óleos, evitando a perda de água – não deve ser substituído por um sérum. Enquanto um creme normal funciona como uma barreira protetora entre a pele e o ambiente que a rodeia (mantendo-a hidratada e protegendo apenas a sua camada superior), um sérum consegue penetrar nas três camadas da pele, sendo muito mais profundo do que o primeiro.

Peles que careçam de um cuidado de nível superior devem fazer valer-se do uso de um hidratante e também de um sérum natural de qualidade.

Qual a melhor altura do dia para aplicar o sérum?

Este produto deve ser aplicado, preferencialmente, à noite, depois de efetuar uma limpeza com um tónico e antes do creme de noite. A sua função é «alimentar» a sua pele e fornecer-lhe vitaminas e nutrientes que possam estar em falta.

Que tipos de sérum existem?

Existem séruns designados para funções como:

Corrigir o tom da pele, tratando problemas como a hiperpigmentação e os poros dilatados;

Hidratar, protegendo a pele e complementando os benefícios dos cremes usuais;

Fornecer um efeito antioxidante, defendendo a pele dos radicais livres aos quais estamos expostas diariamente e prevenindo possíveis efeitos adjacentes a essa exposição, que danifica as nossas células;

Prevenir o envelhecimento, retardando esse processo e fornecendo ingredientes essenciais à pele para combater as rugas.

Como escolher o sérum ideal para a sua pele?

O primeiro passo é perceber qual a principal carência da sua pele. Sendo este um produto específico direcionado para um tipo de tratamento em concreto, é importante que, quando escolher o seu, tenha a certeza de que essa escolha é a melhor para si e que esse sérum em especial fará o que tem a fazer.

Tem em atenção o seu tipo de pele e conhecer as suas maiores fragilidades é também um ponto a considerar no ato da compra de um sérum, evitando ingredientes que a sua pele não tolere bem. Faça uma pesquisa profunda, aconselhe-se com a sua dermatologista e depois sim, poderá adicionar à sua rotina este passo extra de proteção e vitalidade.

Ler Mais
Scroll to Top