Este Ano, Reinvente-se, Ganhe Asas e Voe!

Quase tudo começa nas coisas mais pequenas, como por exemplo: ter coragem de ler este artigo até ao fim! Tem coragem? Mostre-a. Este texto é para si!

Pense: o que é que a tem prendido? Sufocado? O que a tem feito andar aí, dentro de si própria, num lugar e ritmo que não muda e que não a faz evoluir? O que mais lhe faz ter receio? Tem medo do quê? O que tem tanto medo de perder? A possibilidade de vir a ser feliz?

Quer começar a olhar para trás e a gostar mais de si? Todos nós, mas todos sem exceção, temos um herói cá dentro! Às vezes, os nossos medos, até os mais inconscientes, fazem é com que ele adormeça e com que optemos pelo facilitismo ilusório da zona de conforto. E vamos andando assim, no «limbo», que não serve para regar a semente da motivação e da ação, tão necessárias a uma vida mais feliz.

Até já pode ser cliché, e pode magoar, mas é uma verdade: o vencedor não tem medo de enfrentar o medo de arriscar! E você tem essa vencedora aí, dentro de si, mas muitas vezes sentada no seu sofá interior, decorado de receios. Vá buscá-la e deixe-a sair, mostre a sua raça, a sua cor, mostre como é capaz de fazer o que tem de ser feito e vai ver que quem a ama de verdade vai acompanhar essa viagem.

Se não mudar de pensamento nunca mudará de comportamento e os resultados serão os mesmos. Tanto as suas atitudes como a sua saúde, a nível geral, também não ficarão bem, não ficará, sequer, numa saudável harmonia com as pessoas que a circundam e que até ama. Nem saberá se aquilo que tanto desejava ter ou fazer ou ser até podia (pode) dar certo. Não vai ter mais momentos felizes do que tristes. A sua vida continuará a ser «sem jeito», compre o que comprar, tenha o dinheiro que tiver!

Por isso, atue! Vá-se «buscar» outra vez ou pela primeira vez, mas vá. Seja para mudar de emprego, para ir para o curso que tanto adorava fazer, para se afastar das pessoas que não lhe fazem bem ou terminar aquele relacionamento que a põe doente, vá em frente. Não tenha medo de errar porque só quem não faz não erra. Avance e, ainda que com responsabilidade, arrisque, no que quer que seja que precise! No máximo não dá certo mas pelo caminho aprende, evolui, conhece pessoas novas, aprende outra vez e quando chegar ao fim da viagem da sua vida vai gostar muito mais de si porque tudo fez para vencer e ser feliz.

O verdadeiro vencedor pode perder à vontade porque, para ele, essa perda foi, apenas, uma aprendizagem para poder seguir em frente.

Não se esqueça de que quem tiver de sair da sua vida, vai sair à mesma. Quem tiver de se afastar vai-se afastar. Mas quem tiver de ficar vai ficar e abraçar, aplaudir e sentir orgulho no orgulho que você, de facto, é.

Aqui ficam algumas dicas para que volte a encontrar a sua motivação em 2020:

Reflita nos medos. Tem lutado pelo que quer? Se não, porquê? Aceite os seus medos, de uma vez por todas, assim como as suas eventuais limitações e contorne isso. Corajoso é aquele que, com medo, vai e enfrenta! Se não puder voar, corra!”;

Ame-se mais. Como? Tem olhado bem para dentro de si? Cuidar da sua forma exterior é muito importante mas cuide também das suas emoções, dos seus sentimentos, das suas vontades e necessidades! Diga mais vezes “não” sem medo, ou “sim” sem inibição. Alimente-se melhor e faça exercício físico, meditação, yoga ou outra prática que a ajude a ter menos stress, mais calma e autoconfiança. Deixe o que lhe faz mal.

Procure emoções positivas!. Fale mais com amigos e/ou familiares que lhe fazem bem e que a critiquem menos, que a fazem rir e lhe dão força. Ouça músicas que goste mesmo e que a façam sorrir ao invés de chorar; coma, de vez em quando, aquela refeição que tanto gosta; leia livros de autoajuda com o coração aberto;

Passe do «saber» ao «fazer». Comece, hoje, a fazer tudo aquilo que sabe que é um deve, nomeadamente o que consta nas dicas anteriores.

Não tenha medo. Sabe quantas vezes errou ou perdeu, mesmo não tendo arriscado? Pois… por isso, força, coragem, siga em frente e em 2020 faça o que quiser mas reinvente-se, redescubra-se ou renasça, qual Fénix vinda das cinzas, vinda do pior dos piores dos problemas. Já dizia Martin Luther King: “Se não puder voar, corra. Se não puder correr, ande. Se não puder andar, rasteje, mas continue em frente de qualquer jeito”. Que este seja o melhor ano da sua vida!

Ler Mais
Scroll to Top