Os Melhores Chás Para Combater o Inchaço Abdominal

Café ou chá? Hoje, escolhemos o segundo. Chá preto, de jasmim, de camomila, de limão ou matcha. São mil e uma hipóteses – e mil e um benefícios. Cada chá é único e dotado de propriedades singulares, capazes de nos convencer que a Natureza sabe, de facto, o que faz.

De acordo com um recente estudo da Sociedade Europeia de Cardiologia, quem bebe chá três vezes durante a semana (no mínimo) consegue melhorar em larga medida a saúde do seu coração, bem como a sua qualidade de vida. Segundo especialistas envolvidos no estudo, tudo indica que os principais agentes responsáveis por estas benesses são os componentes bioativos antioxidantes (polifenóis), substâncias que mais protegem as nossas células.

Enquanto bebida profundamente apreciada em todo o mundo, o chá tem estado também associado a algumas questões relacionadas com a possibilidade de perda de peso, sendo que alguns estudos descobriram, recentemente, que existem algumas infusões que podem combater a gordura que acumulamos na barriga. E se pertence ao grupo das mulheres que sofrem com o desconfortável inchaço do abdómen, saiba que esta é uma realidade que, de acordo com o Health Line, afeta 20 a 30% das pessoas.

Ainda que saibamos que este é um problema muito frequente, muitas de nós não conhecem o melhor modo de o combater, nem tão pouco compreendem, de antemão, quais as suas principais causas. Existem múltiplos fatores capazes de influenciar o nosso corpo neste sentido, nomeadamente algumas intolerâncias alimentares (que nem imaginamos ter, em alguns casos), a concentração de gases no intestino ou a existência de bactérias intestinais em desequilíbrio, a prisão de ventre, entre outros.

Em tempos, o costume compadecia-se com o uso de remédios naturais para tentar contrariar este desconforto. Um deles seria, justamente, alguns chás de ervas, que segundo alguns estudos podem aliviar esta condição.

A bem da verdade, nos últimos anos temos reconhecido o potencial de variados chás e infusões nesta área. Alguns exemplos dos chás que mais têm sido aclamados nos últimos tempos são o chá de hibisco, o chá verde, o chá de hortelã e o de gengibre. Porém, e apesar de todas as propriedades anti-inflamatórias que encontramos em grande parte destes produtos, para tornar o organismo mais saudável, a vários níveis, e para que se sinta na prática todo o seu efeito poderoso, não basta beber apenas uma chávena pontualmente. Para surtirem efeito na nossa zona abdominal, devemos beber chá, pelo menos, duas vezes ao dia, quente ou frio. Naturalmente, não será apenas graças a este gesto que conseguiremos diminuir o nosso peso ou acabar, definitivamente, com esta problemática. Por isso, é importante controlarmos as expetativas e ter – sempre – em mente que, raros são os casos em que acontece aquilo que pode ser apelidado de «milagre». Assim sendo, reforçar a importância da prática de exercício físico e de uma alimentação equilibrada nunca é demais.

Beber chá será apenas um fator auxiliar no tema da redução da barriga inchada. Ainda assim, existe uma combinação de chás que tem sido destacada neste assunto, como sejam o verde (que detém um papel fundamentalmente antioxidante, diurético e anti-inflamatório), o de hortelã (que ajuda nos movimentos intestinais e diminui a formação de gases), o de gengibre (que acelera o metabolismo e, consequentemente, a queima de gordura) e o de alecrim (também ele com potencial antioxidante e anti-inflamatório).

Abaixo, tome nota dos principais chás de ervas capazes de reduzir o inchaço abdominal:

Erva-cidreira.

Com notas de menta, este chá alivia problemas digestivos leves. De acordo com os entendidos, a erva-cidreira pode diminuir a dor abdominal e outros sintomas do género.

Funcho.

Tradicionalmente usado para curar distúrbios digestivos, incluindo a dor abdominal, o inchaço e os gases, o funcho pode também proteger o organismo de úlceras. A sua ingestão funciona como um ato preventivo deste último problema, reduzindo também o risco de inchaço.

Gengibre.

Produzido a partir das raízes grossas da planta Zingiber officinale, o chá de gengibre tem sido usado, desde a antiguidade, para proteger-nos contra doenças relacionadas com o estômago. Segundo alguns estudos, o gengibre tem a capacidade de aliviar os distúrbios digestivos e reduzir as cólicas e os gases intestinais causadores da sensação de inchaço.

Sugestão: tome este chá com mel e limão, para atenuar o seu sabor intenso.

Hortelã-pimenta.

Com um sabor refrescante, este ingrediente relaxa o intestino, podendo aliviar dores e inchaços a ele associados. Isto porque, segundo algumas pesquisas, na hortelã-pimenta estão presentes os flavonoides, compostos vegetais capazes de inibir algumas células do sistema imunológico causadoras do inchaço.

Camomila

Membro da família das margaridas, a camomila tem sido usada – principalmente na medicina tradicional – para tratar a indigestão, a diarreia e a náusea. Alguns estudos indicam que a camomila pode prevenir infeções bacterianas estomacais, associadas também a problemas de inchaço. Ainda que sejam necessários mais estudos para comprovar a eficácia deste chá no tratamento de problemas digestivos, a verdade é que as flores de camomila contêm, também, os já mencionados flavonoides (muito importantes por eliminarem os radicais livres e por deterem propriedades analgésicas e anti-inflamatórias). O chá de camomila atenua, assim, diversos problemas gástricos – dores de estômago, irritação do intestino, etc. – deixando-nos com uma sensação mais leve.

Ler Mais
Scroll to Top