Vai Viajar? Siga Estes Conselhos Para Conseguir Dormir no Avião

Sono e alturas são duas palavras que, aparentemente, não combinam. Quando entramos num avião, o que realmente importa? Será a viagem? Ou será o destino? Definitivamente, é a última opção. O lado negro da história sobressai quando o voo que precisamos de fazer é de longo curso. E se para muitas de nós, dormir no avião é tão fácil quanto cair sobre os lençóis depois de uma noite de dança, para outras, essa missão parece completamente irrealizável.  

Bancos desconfortáveis e companheiros de viagem aborrecidos à parte, a verdade é que existem algumas formas de dormir no ar e acordar revitalizada e cheia de energia para pisar um chão nunca pisado por si. Estas são as dicas de especialistas para conseguir descansar nas nuvens, de acordo com a Condé Nast:

Escolha um lugar à janela.

Reserve um lugar do lado da janela ou do lado correspondente ao seu favorito quando se deita na sua cama. A ideia é tentar recriar o máximo de conforto, para que consiga imitar a sensação de se sentir em casa. Sobre o lugar imaculado à janela, o que temos para lhe dizer é óbvio: significa menos viajantes a passarem sobre si para irem à casa de banho e menos incómodos.

Acerte o relógio.

Assim que embarcar no avião, acerte o relógio para o fuso horário do seu destino, para que se inicie um ajuste imediato. Isso irá ajudá-la a ajustar o relógio do seu corpo para evitar o jet lag e permitir que adormeça na hora certa.

Tenha consigo o kit essencial do sono.

Almofada para o pescoço (caso seja possível), máscara para dormir, protetores para os ouvidos e um cobertor ou lenço – porque, por vezes, as temperaturas dentro do avião são (demasiado!) baixas. Também pode usar auscultadores com cancelamento de ruído, para abafar os sons de passageiros irritantes ou de choro de bebés.

Não beba álcool, nem veja televisão.

Ingerir bebidas alcoólicas em nada a irá ajudar a conseguir adormecer. Além de a desidratar muito mais, tal como a cafeína, o álcool impede-a de usufruir de um sono de qualidade. Beba, antes, chá ou água e evite refeições demasiado pesadas ou com muito sal. Coma alimentos que contenham melatonina (bananas ou aveia, por exemplo).

A luz azul emitida pelos ecrãs, nomeadamente pelo ecrã do televisor, mantém o nosso cérebro acordado – impedindo a glândula pineal de libertar melanina, hormona responsável por nos dar a sensação de sonolência – e não nos permite descansar. Leve um livro para se entreter e verá que, quando der por si, já está de olhos fechados.

Use roupa confortável.

Em voos longos, poucas coisas há que a façam sentir melhor do que estar a usar peças de vestuário que a façam sentir em casa. O importante é usar algo com que, num dia normal, seria capaz de dormir. Roupa larga ou fatos de treino, juntamente com uns ténis, são, claramente, uma opção a considerar. Depois, quando chegar ao seu destino, pode vestir algo mais elaborado.

Tenha um spray de lavanda à mão.

A lavanda é conhecida pelas suas propriedades terapêuticas de relaxamento. Poderá ser muito útil ter à mão um spray de aromaterapia desta planta, para borrifar, subtilmente a sua roupa ou a sua almofada antes de dormir. Este gesto será muito importante para reduzir os seus níveis de ansiedade e para lhe permitir que durma serenamente.

Relaxe.

A respiração consciente é uma das formas mais fáceis para conseguir adormecer em qualquer lugar. Como fazê-la? É fácil. Concentre-se, numa primeira instância, no fluxo natural da sua respiração. Foque-se na inspiração e na expiração, relaxando a mente e o corpo. Pode acompanhar este exercício com uma música suave e tranquila ou visualizando o seu lugar favorito, imaginando que está a ser transportada até ele. Praticando a técnica da respiração, será mais fácil reduzir os seus níveis de stress e adormecer. Imagine-se a relaxar por completo, sinta todo o seu corpo a ficar mais tranquilo, quase como se estivesse prestes a deitar-se na sua cama. Esta última sugestão é uma espécie de meditação. Vá repetindo tudo isto, até adormecer. Lembre-se, também, de se sentar na melhor posição possível – sim, sabemos que os bancos nem sempre são confortáveis – e descruze as pernas, a fim de evitar a inibição do fluxo sanguíneo.

Ler Mais
Scroll to Top

Alerta para atrasos das
entregas devido ao COVID-19

Todas as nossas encomendas são processadas com o maior cuidado. Devido à situação actual em que nos encontramos, os nossos prazos de entrega passam a corresponder a 5-8 dias úteis para Portugal Continental e Ilhas. Encomendas para o resto do mundo demorarão 10-15 dias úteis. Agradecemos a sua compreensão. E enquanto a sua encomenda não chega… aproveite para ir lendo os nossos artigos.