Saúde Íntima. Siga as Nossas Dicas!

Conhecimento é poder. Precisamente por este motivo, é absolutamente crucial voltarmo-nos para a importância de obter o máximo de informação no que à nossa saúde íntima diz respeito.

É importante que saibamos, de um modo mais aprofundado, compreender a nossa anatomia e assimilar que alguns dos conceitos que ao longo da vida nos vão acompanhando não só são erróneos, como também dignos de despertar em nós alguns sentimentos de vergonha e de insegurança. É nesta linha de pensamento que hoje colocamos uma relevante questão: estaremos a usar a roupa íntima mais adequada? Saberemos tudo o que precisamos a este respeito ou estaremos a menosprezar este ponto da nossa rotina?

A verdade é que existem determinados tecidos que são mais saudáveis ​​para a nossa zona genital. A nossa roupa interior pode impactar a nossa saúde vaginal e até mesmo afetar o modo de como nos sentimos. Assim, devemos optar por tecidos naturais, nomeadamente o algodão, que é o melhor tecido do qual nos podemos fazer valer.

É importante lavar estas peças com alguma delicadeza, utilizando um sabonete hipoalergénico. Isto porque todos os géneros de roupa íntima devem ser tratados com um cuidado superior ao que costumamos ter para com o resto do nosso guarda-roupa, já que estes contactam diretamente com as áreas mais sensíveis da nossa pele.

Além de tudo isto, importa não misturar as peças de lingerie com o nosso restante vestuário aquando das lavagens. Subestimar a importância desta componente da nossa indumentária pode ser um erro crasso – ela até pode ser um segredo só nosso, mas tal não significa que esta não precisa de ser bonita, confortável e fiel ao nosso próprio estilo. Por vezes, esta pode chegar mesmo a conferir-nos um nível de confiança bem mais elevado nos dias em que sentimentos mais densos e negativos tomam conta de nós.

Nunca é demais ressaltar as vantagens de usar algodão nas peças que escolhemos usar, já que este tem propriedades de absorção da humidade que ajudam a diminuir o crescimento bacteriano nocivo. No fim de contas, o mais importante será sempre recorrer a tecidos respiráveis e trocá-los diariamente.

Seguindo esta política de comportamento, existem outros fatores a ter em conta para que obtenha sempre uma felicidade genuína na sua intimidade, como seja o hábito de dormir nua. Sim! Passar a noite sem estar a usar nada no corpo pode ajudar a pele a respirar.

O caminho para alcançar uma saúde íntima protegida não se resume meramente a uma simples regra. Porém, existem práticas simples que todas nós facilmente conseguiremos adaptar ao nosso estilo de vida. Anote as de que lhe falamos hoje e desafie-se a cumpri-las.

Ainda Sem Comentários

Deixe uma resposta

O teu endereço de email não será publicado.