A Importância da Leitura Quando Estamos Ansiosas

Existem várias formas de reduzir o stress. Mas há uma que, além de fazer bem ao seu cérebro, também lhe dá conhecimento e educação: a leitura. Pode descurar essa atividade mas é importante pousar o seu telefone durante algum tempo e concentrar-se noutra coisa que realmente lhe faça bem. Ler deve ser um prazer e não uma obrigação e, por isso, se prefere não se entregar a um bom livro, sempre pode apostar nas revistas ou jornais (compre a nossa, aqui.)

Já foi comprovado que ler durante seis minutos reduz o stress em 60%. O batimento cardíaco desacelera, os músculos relaxam e o seu humor melhora. Estas reações físicas fazem com que a leitura seja tão benéfica como a meditação.

Pegar num livro pode mesmo reduzir sintomas de depressão e de demência, uma vez que estimula as células do cérebro. Ler é, assim, o método mais eficaz para estimular a mente e evitar que sofra de alguma doença relacionada com a mesma.

Ter hábitos de leitura acaba por ser mais eficaz do que beber um chá, ouvir música ou praticar alguma atividade que distraia o seu sistema nervoso. Apesar de ser difícil colocar-se em modo «pausa» e aproveitar o momento, também está comprovado que ler ajuda a dormir melhor, o que beneficia o seu sistema imunitário.

E agora pergunta: como é que ler afeta o nosso cérebro? Esta atividade desenvolve o lobo temporal esquerdo, o que permite o desenvolvimento da linguagem e também da memória.

A verdade é que o stress tem uma relação direta com o corpo. A raiz da maior parte das doenças advém deste problema. Portanto, quando estamos neste estado de espírito, o corpo fica mais suscetível a doenças relacionadas com o coração, tensão arterial e outros problemas do foro psicológico (como a depressão).

Pegue num livro, encontre um ambiente calmo e confortável e concentre-se no que está escrito no papel. Pode ser difícil começar, mas os benefícios para a sua saúde falam mais alto.

Ler Mais
Scroll to Top