Sente-se Sem Energia? Siga os Nossos Conselhos

Quando somos confrontadas com acontecimentos traumáticos da nossa vida inevitavelmente refletimos sobre o que queremos, o que andamos cá a fazer, para onde vamos, de onde viemos. Mas porque é que só nestas alturas é que paramos para refletir sobre todos estes tópicos que, ainda que pareçam superficiais, fazem parte do nosso autoconhecimento?

Vivemos o nosso dia a dia numa grande correria e, em muitos casos, somos mais ricas do que achamos e nem damos por nada. O intuito não é que se compare com A ou com B para se sentir melhor. Aqui, o objetivo é apreciar as pequenas coisas que a sua própria vida lhe dá. Por exemplo, uma sesta a meio da tarde, um dia de folga, um passeio a sós à beira rio. Estes pequenos pormenores, à partida, parecem ser simples e, para algumas, até aborrecidos ou supérfluos. No entanto, são pequenas maravilhas que a vida nos dá.

Quando olha para a sua vida e nada lhe parece motivo de felicidade, nada tem a ver com má sorte ou outra desculpa fácil que arranja, mas sim com o facto de não estar a utilizar a melhor estratégia para viver. Brendon Burchar, o autor do livro Viva com Energia, que se encontra à venda na nossa loja online, acredita que sendo a falta de energia uma falha na nossa estratégia, o seu livro a ajudará a ultrapassar a barreira da desmotivação.

Tudo aparece na nossa vida por um motivo e se este livro se encaixa nesta fase da sua vida, então é porque está na altura de o ler e de dar a volta à situação. Nada no mundo sabe melhor do que viver a nossa vida em pleno. Uma vida saudável não é apenas não estar fisicamente doente, é também estar sã a nível psicológico.

Grande parte das nossas doenças surge de dentro para fora e, no fundo, a verdade é que muitas doenças do foro psicológico também têm manifestações físicas. Por exemplo, a ansiedade, algo que afeta uma percentagem alta da sociedade, manifestando-se a nível físico através de tonturas, de falta de ar e de palpitações no peito.

A vida que merece tem de ser vivida lá fora. Fora da sua zona de conforto e nos caminhos menos percorridos. É através deste confronto com a realidade nua e crua que nos damos conta do que realmente é a nossa vida e quais as estratégias que poderemos adotar para viver uma vida com mais energia.

Ainda Sem Comentários

Deixe uma resposta

O teu endereço de email não será publicado.