Seremos Mais Felizes Perto da Natureza?

“Duas horas na Natureza por dia, nem sabe o bem que lhe fazia”. Sim, é esta a realidade: o contacto com o melhor da Mãe Terra pode estar intimamente correlacionado com o nosso bem-estar físico e psicológico.

Recentemente foi efetuado um estudo que apresenta evidências de que fazer caminhadas no meio natural pode ser benéfico para a nossa saúde. Passar férias em lugares onde possamos praticar o culto à Natureza é também um escape que acaba por ter repercussões positivas na nossa saúde e pré-disposição para melhor viver.

Mas concentremo-nos na seguinte questão: quanto tempo precisamos de passar em ambiente natural, conectadas com a Terra, para sermos realmente mais saudáveis? Segundo um recente estudo realizado no Reino Unido, as pessoas que passam, em média, duas horas por semana na Natureza, veem a sua saúde física e mental aumentar, comparativamente a outras pessoas que não o façam.

Ao mesmo tempo, algumas pesquisas afirmam que bastam cinco minutos de exercício físico em contacto com o meio ambiente para que a partir daí se obtenham benesses no humor e na autoestima de um indivíduo. Constata-se, assim, que existe uma ligação entre dois bens: o de respirar ar puro e o de praticar exercício físico nesse contexto. Estes dois fatores, quando unidos, acabam por ter em nós um efeito duplamente vantajoso.

A Natureza proporciona-nos também uma pausa nas horas em que estamos totalmente focadas no trabalho e noutras atividades que impliquem certo tipo de cansaço mental (tempo passado no escritório em frente ao ecrã do computador, por exemplo). Quando nos permitimos ter esta pausa – e colocamos de lado o nosso telefone – poderemos realmente melhorar o nosso estado de espírito. Isto acontece em momentos em que procuramos uma vista desafogada sobre determinada cidade, em que passeamos pela floresta ou em que passamos algum tempo à beira-mar.

Se somos parte da Natureza, faz sentido que sejamos mais felizes perto dela. Depois de um dia de trabalho, já sabe o que tem a fazer (por si).

Ainda Sem Comentários

Deixe uma resposta

O teu endereço de email não será publicado.