Que Efeitos Tem a Cafeína no Nosso Corpo?

Vamos assumir este facto: muitas de nós dependem de uma chávena de café para conseguir enfrentar uma longa manhã e até mesmo um dia interminável de trabalho. Na verdade – e depois de já ter confessado a si mesma este facto irrevogável – a cafeína faz muito mais do que simplesmente manter-nos acordadas, pois esta constitui um estimulante do sistema nervoso central que afeta o nosso organismo de variadas formas.

Desta forma, talvez seja importante conhecermos os sintomas que advêm das quantidades de cafeína que colocamos diariamente no nosso corpo, bem como os efeitos a longo prazo que aí têm origem e que nos farão pensar melhor antes de… passarmos para o quinto café do dia!

A verdade é que este ingrediente acaba por impactar quase sempre a nossa disposição. Em poucas quantidades, este pode tornar-nos mais enérgicas, mas na realidade, e com o tempo, quantidades elevadas de cafeína podem perturbar o nosso bem-estar. Nos casos em que consumimos a mesma quantidade de cafeína por dia, vamos acabando por desenvolver uma espécie de tolerância a esta substância. A nossa massa corporal, bem como a nossa idade determinam também esta nossa resistência.

No que ao nosso sistema nervoso central diz respeito, o café atua como um verdadeiro estimulante. Ao chegar ao nosso cérebro, sentimo-nos automaticamente mais acordadas e menos cansadas. Em quantidades reduzidas, este pode mesmo controlar a nossa sonolência e tratar algumas dores de cabeça. As consequências nocivas começam apenas a dar-se quando acontece o excesso de ingestão (algo que denotamos também com a esmagadora maioria dos alimentos, cujo consumo em demasia desencadeia também efeitos colaterais). Voltando às dores de cabeça e enxaquecas, o facto é que a cafeína em demasia pode acabar por agravá-las, ao invés de as travar, como acontece quando a ingerimos em menores porções.

Se no nosso dia a dia formos adeptas do café de uma forma assídua e se de repente o colocarmos de lado e deixarmos de o consumir, começaremos a dar conta de sintomas como ansiedade, irritabilidade e sonolência. Ademais, a cafeína aumenta a quantidade de ácido presente no nosso estômago, podendo causar-nos azia e algum desconforto.

Em suma, o melhor mesmo será optar por beber café de um modo mais controlado, sem que se exceda aquilo que é considerado normal e aceitável. O mais seguro é considerar tomar apenas um ou dois cafés por dia, por forma a que possamos desfruir do mesmo de um modo agradável e promover a nossa saúde.

Ainda Sem Comentários

Deixe uma resposta

O teu endereço de email não será publicado.