3 Formas Simples de Reduzir a Retenção de Líquidos

Retenção de líquidos: o pesadelo de inúmeras mulheres. Este problema fisiológico acontece quando o excesso de fluidos se acumula dentro do nosso organismo, podendo este apelidar-se também de edema. O processo ocorre no sistema circulatório ou nos nossos tecidos e cavidades, podendo causar inchaço nas mãos, nos pés, nos tornozelos e nas pernas. Os motivos pelos quais a retenção acontece são variados, sendo que muitos não chegam a ser de natureza séria ou grave, nos casos em que o inchaço é leve e em que não existem condições de saúde subjacentes.

Muitas de nós sofrem deste problema durante a gravidez e também antes do período menstrual. Felizmente, é possível diminuir o problema recorrendo a determinadas práticas. Deixamos-lhe três dicas que a ajudarão a dar a volta a esta situação:

Aumente a sua ingestão de magnésio.

O magnésio é um mineral muito importante, pois está envolvido em múltiplas reações enzimáticas que mantêm o nosso corpo a funcionar. Alguns estudos chegam mesmo a indicar que mulheres com sintomas pré-menstruais reduziram a sua retenção de líquidos. Podemos encontrar este mineral em alimentos como nozes, grãos integrais e chocolate amargo, por exemplo. O mesmo está disponível enquanto suplemento.

Reduza o consumo de sal.

Sendo feito de sódio e de cloreto, o sal pode realmente ser um inimigo nesta hora (e em muitas outras, como é sabido). Se tem por hábito fazer refeições com elevada quantidade de sal e com alimentos processados, o seu organismo irá reter a água, daí ser importante reduzir o seu consumo.

Evite os carboidratos refinados.

Consumir carboidratos refinados leva a que aconteçam picos rápidos nos nossos níveis de insulina e de açúcar no sangue. Isto faz com que o nosso corpo retenha mais sódio, aumentando o volume dos líquidos existentes. Devemos, assim, evitar o consumo do açúcar de mesa e da farinha branca.

Lembre-se de que a retenção de líquidos também pode ser um sintoma de uma condição médica grave, como sejam as doenças renais ou a insuficiência cardíaca. Se sentir uma retenção súbita ou demasiado forte procure atendimento médico.

Note-se que será sempre importante beber muita água, a fim de contornar esta situação, bem como praticar exercício físico e contrariar o sedentarismo, já que o movimento do corpo poderá ser eficaz na redução do acúmulo de fluidos em determinadas áreas (membros inferiores, por exemplo).

Ainda Sem Comentários

Deixe uma resposta

O teu endereço de email não será publicado.