Guia de Meditação Para Iniciantes II — Visualização Criativa de Relaxamento

O que encontra neste artigo:

  1. O que é a Visualização Criativa de Relaxamento;
  2. Aspetos a ter em conta;
  3. Podcast: Meditação com Visualização Criativa de Relaxamento: «Jardim da Tranquilidade».

1. O que é a Visualização Criativa de Relaxamento?

Na parte I deste guia falamos, de uma forma generalizada, sobre três grandes técnicas meditativas e oferecemos-lhe um podcast de uma meditação Mindfulness. Nesta segunda parte, vamos falar-lhe um pouco mais sobre a meditação baseada na Visualização Criativa de Relaxamento.

À semelhança de outros exercícios meditativos, o objetivo desta meditação é fazer com que o nosso consciente «se entretenha» e nos deixe «relaxar» levando-nos, ou não, a ter um leve estado alterado de consciência. Pretende-se que, por momentos, nos consigamos «desligar» daquilo que nos está a angustiar (passado) ou a criar ansiedade (futuro) mas o foco é direcionado para um cenário imaginário, em vez de ser canalizado para um presente consciente, como a meditação Mindfulness nos proporciona. O objetivo é quase o mesmo, o processo é que é diferente.

A Visualização Criativa de Relaxamento ajuda-nos quase que a «sonhar acordados». Podemos imaginar que estamos num lindo jardim ou numa bela praia, ladeada por um mar calmo e com um ambiente cheio de luz, onde descansamos e nos curamos, por exemplo.

Não obstante, e como em qualquer prática meditativa, é necessário ter em conta algumas diretrizes, para que o momento seja sempre aprazível. É muito importante que seja uma meditação concluída com um momento «Mindful» para que fiquemos novamente focadas e despertas.

Quando ouvir o podcast que lhe oferecemos perceberá melhor do que se trata.

2. Aspetos a ter em conta:

(Se ainda não leu, leia, por favor, as dicas para meditar que se encontram na parte I deste guia, de forma a ficar ainda com mais ferramentas para executar esta pratica da melhor forma possível. As dicas de hoje são, apenas, para a meditação com base na Visualização Criativa de Relaxamento).

É necessário ter algum cuidado com o que imaginamos, porque estamos a formar imagens no cérebro que vão originar pensamentos e enviar mensagens a todo o sistema nervoso. Como tal, não se devem NUNCA imaginar situações que possam ser desagradáveis ou muito emocionais.

Essas situações podem originar pensamentos menos bons e, consequentemente, emoções e sentimentos desagradáveis.

Não imaginar nunca:

Sítios escuros, sem luz, como grutas ou ruinas;

* Outras pessoas connosco na paisagem;

* Pessoas que já faleceram, mesmo que sejam familiares que muito amávamos.

Imaginar somente:

* Paisagens bonitas da natureza, sempre com muita luz e água;

* Anjos ou luzes vindas do universo;

* Se quiser imaginar pessoas no cenário mental que está a criar, imagine quem já foi considerado uma iluminação por grande parte da humanidade, tais como: Jesus Cristo, Nossa Senhora, Buda, etc. Ou, então, o seu suposto Guia Espiritual ou Anjo da Guarda;

* Nunca ouça a conduzir nem a manejar máquinas e/ou outro tipo de ferramentas.

Aconselhamos, também, que ouça meditações gravadas por profissionais competentes para o efeito, como a que temos hoje para si.

3. Podcast – Meditação de Visualização Criativa de Relaxamento: «Jardim da Tranquilidade».

E chegou o momento, o seu momento de descansar! Clique no play e desfrute. Se tiver alguma dúvida exponha-a nos comentários e será esclarecida com a maior brevidade possível. Boa meditação!

12 Comentários
  1. Muito bom mesmo ! No primeiro podcast adormecia a metade por me deixar tão relaxada. Agora neste , ajudou-me muito a sair das preocupações e a concentrar me num espaço que a minha mente imaginou ( o jardim ) e sempre que precisar sei que tenho o meu espaço de purificação que você me ajudou a criar. Obrigada e espero mais podcasts!

Deixe uma resposta

O teu endereço de email não será publicado.