Podemos Fazer Desporto Só ao Fim de Semana?

A sua agenda/atitude/motivação (ou falta dela) só a deixam treinar quando chega o tão aguardado fim de semana? Se a sua resposta for afirmativa, teremos muito para lhe contar ao longo deste artigo.

Ainda que vivamos sob a alçada da regra que nos diz que devemos treinar a cada dois dias e descansar nas 48 horas seguintes para descansar o corpo e denotar mais benefícios, a dura verdade é que a vida agitada que muitas vezes levamos, bem como a falta de tempo e de energia, fazem com que guardemos o nosso momento desportivo apenas para o sagrado fim de semana. No seguimento desta situação, vários estudos foram realizados, na tentativa de entender que tipo de comportamento seria mais benéfico. Consegue imaginar quais foram os resultados? Surpreenda-se: a verdade é que, de acordo com essas mesmas pesquisas, quem guarda a sua atividade física somente para os sábados e domingos deposita mais vigor e mais intensidade nos seus exercícios do que pessoas que o fazem durante a semana. Isto porque quem escolhe a primeira opção tem mais tempo para planear o seu treino e consegue ter também mais dias de descanso.

Posto isto, será que poderemos estar em forma, perder peso e até mesmo conseguir tonificar o nosso corpo se só praticarmos desporto aos fins de semana? A bem da verdade, certo é que realmente poderemos optar por esse caminho, mas só se depositarmos também toda a nossa atenção em determinados fatores, como sejam o controlo da intensidade do nosso treino, uma vez que o estaremos a fazer dois dias seguidos, e também, claro está, a manter um estilo de vida ativo durante o resto da nossa semana. Importa, sempre, adaptar o nosso registo de treino à nossa realidade de vida diária: se não conseguirmos arranjar forma de conciliar a nossa rotina (a nível pessoal e a nível profissional) com o nosso treino, será muito mais difícil este processo dar frutos e termos sucesso.

Deixar o corpo descansar ou fazer uma pausa depois de treinar é sim importante, para que este assimile e processe corretamente os exercícios a que se expôs. Porém, tal não significa que em todos os casos devamos permanecer totalmente inertes (sem fazer rigorosamente nada…). O importante é, efetivamente, termos um bom plano, que reflita aquilo que é melhor para nós. Quer isto dizer que não há problema algum em optar por treinar dois dias seguidos e, ao longo da semana, tentar manter um estilo de vida proativo (indo para o escritório, subindo e descendo as escadas do seu prédio, andando a pé, etc.). Do ponto de vista da sobrecompensação, treinar mais cedo pode ser mais vantajoso, se o nosso objetivo maior for melhorar o nosso desempenho e os nossos resultados, mas felizmente é possível alcançar esta realidade se optarmos por fazê-lo somente aos fins de semanas. Alegre com esta notícia?

Em suma, não precisa de ficar triste ou preocupada se é uma das mulheres que não se consegue exercitar ao longo de uma semana de trabalho e de diligências, até porque mais vale fazer pouco exercício do que simplesmente não o fazer. Garanta apenas que planeia corretamente o que vai fazer no seu fim de semana para permitir também a recuperação fisiológica do seu corpo. Escolha também um tipo de treino que a motive e que seja baseado na correção da descompensação corporal causada pela sua situação laboral. Tente variar nos seus objetivos, dependendo do dia, e lembre-se: treinar apenas ao fim de semana, de um modo planeado e com a intensidade mais adequada, pode ser mais benéfico do que alguns treinos regulares.

Fonte: Miguel Ángel Rodríguez
Ainda Sem Comentários

Deixe uma resposta

O teu endereço de email não será publicado.