«Bota Com a Perdigota»

Botas curtas, ou muito curtas, altas ou acima do joelho, com tacão e atacadores… Poderíamos passar o dia inteiro a falar de… botas, claro está! Aquele essencial que se encontra no armário de toda a mulher.

Numa altura em que a moda é aberta a mil e uma personalidades (e ainda bem) é importante conhecer os modelos de botas mais indicados para cada uma de nós, consoante o nosso tipo de corpo. Ora veja:

Botas pelo tornozelo: dão a ilusão de pernas mais altas, sendo a melhor opção para as baixinhas, que têm a perna mais curta. Se tiver o tornozelo largo, o melhor será optar por uma bota de cano largo.

Botas pelo tornozelo com salto alto: o salto alto também ajuda a criar altura. Se não é grande adepta deste, experimente o salto médio grosso, pois é estável e é o suficiente para tornar o look mais elegante. Alturas à parte, quem tem uma perna bem musculada e quer exibi-la, o salto alto, em bota de cano baixo, também ajuda.

Botas acima do joelho: para as altas, e com pernas finas, as botas de cano bem alto são uma boa opção, pois assumem a perna em si ao mesmo tempo em que lhe dão forma, sem precisar de salto.

Botas rasas e de cano baixo: para as altas, as opções de botas vão desde as mais curtas e rasas às já muito faladas over the knee, de salto alto. Mas se já se considera alta o suficiente, assuma-a com um cano curto.

Ainda Sem Comentários

Comentários fechados