Deixe a Sua Marca e Faça Voluntariado

Quando os turistas vêm a Portugal e lhes perguntamos o que é que mais gostam aqui, costumam realçar o nosso espírito de solidariedade, entre-ajuda e hospitalidade. Não há dúvida de que gostamos de ajudar o outro e de estender o braço a quem mais precisa.

Ainda assim, Portugal está entre os países da União Europeia em que a participação em ações de voluntariado é mais baixa. Vamos fazer este número crescer?

Já pensou na diferença que a sua dedicação pode fazer na vida de outra pessoa?

Por este mundo fora, existem milhares de crianças, idosos, refugiados e vítimas de catástrofes naturais que só precisam de amor e que nem isso conseguem ter. Sairmos da nossa zona de conforto, da nossa realidade e seguir viagem rumo ao conhecimento de outras culturas e maneiras de viver só nos vai enriquecer como pessoas.

Depois de uma experiência de voluntariado é impossível sair do avião e pôr os pés na Terra com o mesmo pensamento que tínhamos na hora do embarque. As coisas pequenas vão tornar-se enormes. Vamos valorizar os duches de água quente, a comida que colocamos na mesa e o nosso simples colchão na hora de deitar. Quando sairmos à rua, vamos, com certeza, olhar à nossa volta e agradecer a liberdade e a segurança que temos no nosso país. A nossa vida vai tornar-se enorme e muito mais valiosa.

Se acreditamos que é possível construir um mundo melhor, porque não dar os passos certos? Neste dia internacional do voluntário, a Frederica reuniu algumas sugestões de voluntariado internacional para quem quer oferecer um pouco de si a quem mais precisa.

 

Para Onde?

Uma associação sem fins lucrativos que oferece centenas de projetos de voluntariado internacional. Idade, experiência, formação ou religião não são impedimento para partir para a aventura. O que realmente interessa é a motivação e a vontade de ajudar.  Existem vários países e programas disponíveis e, dentro de cada um, pode escolher a duração que preferir.

 

Aiesec.

A Aiesec é uma plataforma internacional dedicada aos mais jovens. O objetivo da associação é desenvolver estudantes a nível global, através de experiências internacionais. Pretende-se que os jovens revelem os seus valores mais importantes como lealdade, organização e sentido de liderança. Entre no site da Aiesec e veja as oportunidades disponíveis.

 

Serviço de Voluntário Europeu.

Podem candidatar-se ao Serviço de Voluntário Europeu jovens com idades entre os 18 e os 30 anos. Se decidir escolher o programa de longa duração, são 12 meses que pode ficar noutro país, ao mesmo tempo em que faz voluntariado. Existem 4000 projetos à sua espera. Veja o site e escolha aquilo que mais gostava de fazer, no sítio que lhe diz mais.

 

Mais Valia.

Se achávamos que o voluntariado era direcionado aos jovens, a “Mais Valia” veio provar o contrário. A Fundação Calouste Gulbenkian criou um novo programa de voluntariado destinado a reformados ou desempregados, com mais de 55 anos. O destino são os PALOP (Países Africanos de Língua Oficial Portuguesa).

Cada missão tem a duração de dois meses.

 

Entregue o seu coração. Todos temos muito para partilhar com quem mais precisa. Aventure-se, dê o melhor de si e garantimos-lhe que, no final, só vai agradecer.

 

Ainda Sem Comentários

Deixe uma resposta

O teu endereço de email não será publicado.