Masturbação Feminina: Desmistificação de um Tabu

No mundo feminino existe ainda uma vasta panóplia de assuntos tabu – a masturbação é, provavelmente, quem aqui assume um papel de destaque, seguindo a linha de temas “proibidos”. Por exemplo, muito provavelmente abriu este artigo usando o modo mais secreto possível, estando neste momento refugiada num qualquer canto longínquo… acertámos?

A verdade é que esta é uma matéria sobre a qual raramente se conversa nos momentos entre amigas ou até mesmo com o parceiro, seja por medo de ser julgada, por vergonha ou por insegurança. Simplesmente, optamos por não falar e fingir que esta é uma realidade praticamente inexistente.

Há quem diga até que muitas mulheres nunca se tocaram. A grande questão é: Como conseguir ter uma vida sexual feliz e bem resolvida se nem nós próprias nos conhecemos a esse nível? Uma coisa é certa: nenhuma técnica mirabolante irá substituir a importância presente no diálogo entre o casal. Afinal, se existe intimidade para uma relação sexual, tem também de existir confiança suficiente para conversar exatamente sobre isso. Todas as mulheres são diferentes, não existe uma fórmula incrível que resulte para todas.

Muitas de nós crescem no seio de uma família religiosa e conservadora, que não permite que se abram os horizontes e que lidemos e encaremos tudo isto com naturalidade. Seja por falta de à vontade ou por falta de motivação, o tabu persiste e existem ainda muitas mulheres que ficam reticentes e que se resguardam face a este assunto. Porém, a verdade é que, de acordo com alguns psicólogos, a masturbação é tão normal quanto a alimentação ou a prática de desporto, por exemplo. Faz parte da vida, não existe nada de errado nisso.

A regra número um para descobrir uma técnica que funcione para si é… não ter regras! Isto porque nascemos numa sociedade que teima em dizer-nos o que é certo, o que é errado, o que é bonito, o que é feio e o que é pecado e esquecemo-nos do mais importante: sermos livres.

Faça por esquecer os preconceitos, encarar a nossa naturalidade biológica e criar o seu próprio momento, dedicado somente a si. Deixe a sua mente viajar e liberte-se dos falsos conceitos que, no fundo, só existem na nossa cabeça.

1 Comentário
  1. Boa tarde!
    Algo que adoro no meu casamento, é que não existe tabus entre mim e o meu marido! Simplesmente não há!! Sexo vale tudo desde que estejamos confortáveis e tenhamos prazer! Gostei do tema ter sido a “MASTURBAÇÃO FEMININA” pois parece ser um enorme tabu. Acho ridículo termos receio ou vergonha em se falar disto. Os homens masturbam se e as mulheres não??? Óbvio que sim né!!!! Somos mulheres e também temos vontade e apetite sexual!!! Obrigada por falares deste tema e acho que havia de existe mesmo debates ou algo do gênero para se falar disto e explorar este assunto. As mulheres ainda têm vergonha da palavra SEXO e tudo o que envolve nele! BEIJINHOS 😘

Deixe uma resposta

O teu endereço de email não será publicado.