A Energia Na Nossa Casa

“Home is where the heart is.” frase cliché que significa a importância de se morar num espaço que nos de prazer, que nos faça sentir bem.

Há uma técnica chinesa que ajuda a consegui-lo, chama-se Feng-shui e é usada para analisar a energia dos espaços, para garantir que há energia positiva em todas as divisões. Há várias formas de conseguir essa boa energia em casa. Uma delas é através das cores – seja na pintura ou mesmo em objetos de decoração.

É importante escolher a cor conforme a divisão da casa e os nossos objetivos. Um aspeto importante: os tons claros são considerados neutros, já os fortes, provocam estímulo na mente e na comunicação.

Vejam a lista de cores que podem usar, e decorem a casa a pensar num melhor ambiente.

Amarelo: estimula a comunicação, o mental e abre o apetite, além disso, ajuda muito nos estudos. É a cor da luz, e por isso uma boa opção para quartos mais escuros.

Azul: é uma cor que estimula a calma e a tranquilidade. Quando usado numa divisão, ajuda à interiorização e meditação, pois o azul ajuda a diminuir a frequência cardíaca, respiratória e a pressão arterial.

Verde: é associado às plantas e flores, símbolos de vida, por isso é uma cor indicada para a saúde e bem estar das pessoas. Atenção para não abusar nos tons de verde escuro, que levam à sensação de opressão. Conjuguem vários tons e apostem nos tons mais claros como camomila, erva-doce e menta para um ambiente mais refrescante – vai deixar o ambiente mais calmo e relaxante.

Laranja: esta cor está associada à coragem, ao intelecto e ao mental, logo, estimula os sentidos, a criatividade e o diálogo. Por ser uma cor com demasiada energia, não deve ser usada em excesso, nem no quarto de cama.

Vermelho: é um tom ainda mais excitante e estimulante que o laranja, por isso deve ser usado apenas em apontamentos. Assim se consegue estimular o amor e a paixão, mas também o apetite e a fala.

Violeta: traz paz de espírito, tranquilidade e sossego. Ajudam a estimular a espiritualidade e a meditação. Já em tons mais claros, como o lilás, incentiva ao romance. O violeta acalma o coração, a mente e os nervos. Excelente para criar energias positivas.

Rosa: É a cor do amor, da ternura e do romance. Por ter muitos tons possíveis e combinações com muitas outras cores, pode ser usado em quase todas as divisões.

Branco: É provavelmente o tom mais usado nas decorações, mas por ser um tom neutro e frio, deve sempre ser conjugado com outras cores, já que sozinha, esta cor representa frieza e vazio.

Preto: Não deve ser usado em excesso, para evitar a sensação de angustia, tristeza e depressão. Mas se usada com ponderação e conjugada com outros tons, dá um ar bastante chique.

No Comments Yet

Comments are closed