Copo Menstrual: o Futuro do Mundo Feminino?

Mulheres. Todas somos diferentes, em múltiplas matérias. Não existe um paradigma normativo (pelo menos em questões mundanas) que funcione para todas, ou que guie a vida de todas. Teorias à parte, o que aqui abordaremos é algo que promete mudar o dia a dia no universo feminino.

Apresentando-se enquanto elemento revolucionário no tema menstruação, o Copo Menstrual – OrganiCup começa, aos poucos a chegar à vida da mulher portuguesa, assumindo ser uma “solução saudável, prática, económica e ecológica”. Muitas vantagens num único produto, não é verdade?

No entanto, a realidade é que muitas de nós, enquanto parte integrante de uma cultura latina – que apresenta ainda barreiras sociais e culturais que nos limitam – ficam reticentes quando o assunto se compadece com a mudança de costumes já enraizados. No momento de mudar, a indecisão instala-se e, por vezes, acabamos por não dar um passo que poderia ser determinante no nosso quotidiano.

Bem sabemos que a menstruação, para muitas de nós, acaba por não ser algo muito distante de um pesadelo: quer seja pela dor, pelas limitações que impõe, ou até mesmo pela questão financeira (dado que, ao fim de um ano, é consideravelmente elevada a quantia de dinheiro que gastamos em tampões e em pensos). A marca dinamarqueza OrganiCup, que está já disponível em 150 lojas do país, propõe precisamente pôr termo a isto – e muito mais.

As reações de quem olha para um copo menstrual pela primeira vez, dividem-se: de um lado temos quem afaste o olhar no minuto; do outro, temos as mulheres que se questionam. O que acontece é que, na prática, este objeto, apesar de parecer bizarro, pode, efetivamente, transformar a vida de muitas de nós, até porque os tampões e os pensos são causadores de muitas irritações cuja origem, a priori, desconhecemos (já que os ingredientes que neles se encontram acabam por ser uma incógnita).

O copo menstrual – que detém o certificado antialérgico – para além de ter uma durabilidade de dez anos, pode ser utilizado até doze horas sem esvaziar, ao passo que no caso dos tampões devemos efetuar a troca entre quatro a cinco vezes. Naturalmente antibacteriano e feito de silicone semi-orgânico, este copo não absorve nem expulsa nada no nosso organismo, para além de deter propriedades de biocompatibilidade, sem corantes. A juntar a tudo isto, não oxida, nem tem odor.

Ao contrário do que muitas de nós possam pensar, o copo não se sente quando o estamos a usar. Elizabete Gomes, embaixadora e agente da OrganiCup em Portugal, garante que nos “esquecemos que o estamos a utilizar”. Para quem pratica desporto e outras atividades físicas, esta parece ser uma solução genial, que dura anos (e não somente horas!).

Antes de passarmos à utilização do copo, o primeiro passo é esterilizá-lo, entre três a cinco minutos no máximo. Depois, basta dobrá-lo, colocar-se numa posição confortável e inseri-lo. Ao fim de doze horas (longe de fugas e de preocupações), o procedimento consiste em retirar com a ajuda da haste, lavar e deixar o copo a secar.

Passando a fase da aprendizagem, a proposta é só uma: usar o copo menstrual sem dor, sem o sentir e sem risco de fugas.

Este produto está disponível na loja Fair Bazaar (Praça do Príncipe Real, em Lisboa) e tem o custo de €24,00, com garantia. Mais que o futuro da higiene feminina, este pode mesmo ser o início de… um novo período.

Pode encontrar mais informações na página de Facebook da marca OrganiCup, onde está também disponível um serviço de apoio à cliente, para esclarecer todas as suas dúvidas.

 

1 Comentário
  1. Eu tenho e acho fantástico! Não há fugas, não há mais preocupações em ir comprar pensos quando chega o dia da menstruação, é super confortável e a única coisa que sinto é uma espécie de “click” do copo menstrual quando se ajusta ao nosso interior. Maravilhoso 🙂
    Comprei o meu na lunette, junto com umas toalhitas que permitem limpeza eficaz quando estamos fora de casa e também um líquido desinfectante com cheirinho a limão 🍋 Para limpar quando estamos em casa (eu faco-o no final de cada dia).

    Beijinhos!

Deixe uma resposta

O teu endereço de email não será publicado.