As 3 Peças Que Não Podem Faltar Na Sua Mala De Viagem

Destino citadino, de aventura ou praia (ou tantos outros). Há gostos para tudo, mas não há quem não sonhe com o próximo destino de férias. Quer sejam das que planeiam um programa meticulosamente ou das que preferem ir à aventura, de fazer a mala ninguém se escapa, e há essenciais que não podem faltar na mala de viagem de nenhuma de nós.

Depois do óbvio, como a escova de dentes e tudo mais, há aquela lista de indispensáveis que também estamos fartas de saber como peças versáteis para fazer muitos conjuntos, sapatos confortáveis ou uns sapatos fechados para o caso de se apanhar mau tempo. Mas fora isso, há coisas que não devem faltar na mala de viagem para que aqueles dias de descanso sejam mesmo perfeitos e é essa pequena listinha que quero partilhar.

Calças de ganga – falando no caso do verão, tudo o que queremos é agarrar em todos os nossos biquínis e em alguns vestidos de verão e não pensar mais nisso. Mas para evitar não ter roupa para um dia de chuva ou um programa diferente, tipo montanhismo, optem por um par de calças. Não é isso que vos vai fazer ir mais carregadas e se forem viajar de avião à noite ou de madrugada, ainda melhor: as calças vão vestidas.

Um vestido um pouco mais formal – estamos de férias, queremos roupa super prática e o mais confortável possível, mas imaginem este cenário: há um bar com ambiente cinco estrelas, música ao vivo e é mesmo ao lado do vosso hotel, mas exige um dress code um pouco mais cuidado e vocês não o têm. Vale ou não a pena levar aquele vestidinho?

Roupa de desporto: não há mal nenhum em faltar a uns treinos por estarem de férias, mas se uns calções, um top e uns ténis não ocupam muito espaço, porque não levá-los também? Para uma corrida matinal na praia, enquanto os que viajam com vocês ficam a descansar ou para um trilho em grupo, que é uma excelente maneira de conhecer novos lugares.

Três peças não tão básicas, mas que farão de vós as mulheres viajadas mais bem preparadas de sempre!

Ainda Sem Comentários

Comentários fechados