Alimentos Bronzeadores

Comer “um arco-íris” de fruta e de vegetais: alguma vez lhe falaram deste conceito? Se não, eis aqui uma excelente oportunidade para abordarmos este assunto. Se somos o que comemos, a nossa pele é o espelho mais puro da nossa alimentação: o seu aspeto é nutrido e saudável quando nos alimentamos corretamente, mas quando essa não é propriamente a nossa filosofia de vida, ela é igualmente capaz de o declarar ao mundo e aos olhos alheios.

Sabendo de antemão que o protetor solar é absolutamente insubstituível, os corações apaixonados pelo sol podem também contar com a ajuda de alguns alimentos que nos ajudam a proteger dos raios UV e a promover um bronzeado dourado. O segredo? Betacaroteno. Quer saber mais? Nós explicamos.

O betacaroteno é um pigmento antioxidante, o que quer dizer que confere aos alimentos a sua cor vibrante e que é um ativo protetor antioxidante das células da nossa pele. Para além disso, a sua ajuda é preciosa para a produção de melanina, que protege a pele dos raios UV e nos oferece o tão desejado tom dourado.

Mas, afinal, que cores vibrantes não poderemos dispensar nas refeições para que se potencie o bronzeado? Neste caso, não deveremos abdicar do vermelho, do amarelo, do laranja e do verde-escuro. Idealmente, devemos começar a ingerir alimentos que se insiram nesta categoria uma semana antes da exposição ao sol.

As frutas que ajudam no bronzeado são o abacaxi; o alperce; o pêssego/nectarina; a papaia/mamão; a manga; a meloa; a laranja; a melancia; e o morango. Já no que concerne aos vegetais, os mais indicados são a cenoura; a abóbora; a batata-doce; a beterraba; o tomate; o pimento (laranja, vermelho e verde); os espinafres; a chicória; o agrião; os brócolos; e a couve.

E a pergunta que invade a sua mente é: como é que tudo isto funciona na prática?

Numa primeira instância, ao pequeno-almoço devemos garantir duas frutas de cores diferentes. Em segundo lugar, devemos optar por snacks de vegetais ao longo do dia, como sejam os palitos de cenoura, o tomate cherry e os pimentos mini para roer. Para além disto, durante o dia devemos comer mais duas frutas de cores diferentes, não esquecendo a importância de incluir os vegetais neste itinerário colorido. Desafiante? No mínimo, mas é por uma boa causa. A tudo isto junta-se o papel fundamental da água, não fosse ela a bebida que mais nos deve acompanhar diariamente.

Simplificando, nas idas ao supermercado o ideal é vermos no cesto quatro cores diferentes, tanto nas frutas, como nos vegetais. Preparada para embarcar nesta viagem? O destino é só um: sentir-se bem (e saudável).

Ainda Sem Comentários

Comentários fechados